Comentários Independentes - Continuação - 6 ... (Postagem Especial - 38)

 

É possível que alguns leitores deste blog tenham algo que gostariam de comentar (ou dizer), mas que não se encontra exatamente vinculado a determinada mensagem dos intervenientes ou em relação a alguma destas postagens ditas especiais, ou em relação a algum dos índices publicados. Este algo a ser comentado pode ser, por exemplo, fruto de uma vivência, de um sonho, de uma reflexão, de um insight, de uma inspiração; e também pode ser uma cópia de pequeno texto, cujo ensinamento seja extraordinário; e também pode ser considerações sobre um vídeo (constar apenas o link), cujo conteúdo reforce a iminência dos eventos ascensionais.

 

Então, caso se manifeste algo assim, para quaisquer dos visitantes do Últimas Leituras da Luz, onde tenha surgido este interesse de fazer um comentário próprio, sem vínculo a determinada publicação, é só comentar nesta Postagem Especial - 38 (Comentários Independentes - Continuação).

 

Vale ressaltar que este comentário independente não deve ter conteúdo apologético de personalidade, exceto se for no sentido de transcendê-la.  Também considerar que este espaço de comentários não é configurado para comportar recursos de multimídia, tais como ativações de links e inserções de gráficos, por exemplo (salvo exceções).

 

 

  FOTO - 1

( Foto tirada pela Noemia, na direção oposta a um limite de Pôr do Sol. O aparecimento destes raios no nascente foi um aspecto bem surpreendente ) 

  

77 comentários:

  1. " O TEMPO CHEGOU, O TEMPO É CONCLUÍDO, EU LHES REPETI INÚMERAS VEZES, DESDE O COMEÇO DA MINHA INTERVENÇÃO NESTE ANO.
    O que vou dizer a esse respeito é que até que o primeiro ABBA se reconheça a famosa testa de ponta, ninguém, absolutamente ninguém pode antecipar esse momento. Simplesmente uma vez que o primeiro ABBA se levante e se revele então tudo se tornará claro.
    Nunca houve uma criação, as dimensões são um sonho. Tudo que lhes tiveram contado, lhes permite de chegar nesse ponto e é tudo. Hoje vocês abriram, realmente e concretamente, durante todos esses anos. Vocês permitiram o Céu de se reunir a Terra, e a Terra de se revelar ao Céu.
    Hoje o Céu e a Terra se uniram, a ilusão se afasta. Aquilo que vocês chamaram anteriormente de sonho, através da consciência Nua se tornou real, e para lá do real dessa consciência Nua, não há nenhum real.
    Mas não esqueçam que o que eu disse não são conceitos, mas a Verdade da Vida.
    Mas aí nenhum cérebro, nenhuma consciência pode lhe compreender. É absolutamente impossível.
    Da mesma maneira que o ego se acredita imortal, a consciência também.
    A morte da Consciência, em definitivo, ela jamais nasceu, ela jamais morrerá. Tudo simplesmente se desenrola ao mesmo tempo, no mesmo espaço, que não é nem um tempo, nem um espaço.
    Ver isso através de conceitos ou através da cabeça não te levará a nada que não seja bater sua cabeça contra o muro. E a vivência anterior à consciência, da percepção do Grande Vazio.
    E na melhor etapa de compreender, de se dizer e de se viver é que você é, cada um, o outro. E cada outro é também tão importante se não mais importante que você. É a maneira de realizar o Amor, e a maneira de lhe revelar, e a maneira de lhe manifestar ao seio mesmo da ilusão. E a maneira de queimar a história, e a maneira de por fim a toda ilusão, da criação como da decriação, se não houve criação, não há então decriação, mas para isso, é preciso ser o que você é , anterior à forma, e hoje isso é, eu repito, um pouco mais fácil, um pouco mais evidente. Se isso lhes parece complicado, insustentável, ou sonho, é porque você não saiu ainda do sonho. Não há outra alternativa. "

    Extraído de ABBA – Parte 2 – 30 de Junho 2018

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. " Se isso lhes parece complicado, insustentável, ou sonho, é porque você não saiu ainda do sonho."

      Definitivamente, ainda me encontro em sonho, infelizmente.

      Excluir
    2. Não lamente. Ninguém será esquecido e os últimos serão os primeiros. É só uma questão de tempo, mas nem quando deve ser algo a se preocupar, apenas esteja disponível, só isso.

      Excluir
    3. Somos 2, anônimo 19:10.

      Excluir
    4. Mas, gostei do que foi escrito pelo Anônimo 20:10.

      Excluir
    5. Na verdade somos como crianças que sabendo que o parque vai fechar querem dar umas ultimas voltas na roda gigante.

      Excluir
  2. Thiago, a você, o meu obrigada pela doação de seu tempo e contribuição, fazendo o trabalho de tirar “os espinhos e as farpas” dos textos.

    Alberto, meus agradecimentos pela sua dedicação de seu tempo na alquimia – “do limão uma limonada” – parabéns.

    Edmundo, obrigada pelo tempo que doa nas traduções dos textos, muito bom.

    Manoel, obrigada pela dedicação e compromisso de trazer de uma forma ou de outra os textos ao seu público.

    Franciscca


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francisca, obrigado por sua incrível prontidão e oferta em colaborar para que estas traduções ocorram. Sua atuação é hábil, ampla, irrestrita e mesmo providencial. Meu forte abraço, Amiga!

      Excluir
    2. Sem vocês, Francisca , Thiago, Edmundo, Manoel, aos audios e textos, aos tradutores franceses e toda essa equipe que os nomes se encontram nos bastidores, e aos leitores desse blog que Manoel de uma forma ou de outra mantém, isso jamais poderia ser realisado, então meus agradecimentos a todos vocês irmãs e irmãos e graças por esse coração que nos une e além de tudo ,que somos, de fato UM. Abraços.
      Desculpem eu usei o computador de um amigo meu para enviar essa mensagem, e esqueci de colocar anonimo. Mais essa mensagem foi minha. Alberto. Eu a repito aqui encima.

      Excluir
  3. Vai também a minha gratidão a todos mencionados por Francisca e a ela própria.
    Na oportunidade vai aí a minha saudade dos belos depoimentos da Francisca que sempre me encheram o caraçao de alegria e esperança.

    ResponderExcluir
  4. Parece "rasgar seda" mas não é. É muito merecedor os elogios e agradecimentos aos que, nos bastidores, tornam possível toda esta corrente de elevação de consciência ocasionada pelas mensagens que, apesar de origem francesa, com os esforços destes, sempre nos chega de forma mais ágio possível. Apesar de fazerem não a procura de reconhecimentos eles merecem todos os nossos. Obrigado!

    ResponderExcluir
  5. Muitos dos que acompanham estas mensagens, como eu, nunca passaram por nenhuma experiência, mas todos, sem dúvida, sofreram ou sofrem uma grande mudança interna, principalmente de consciência. Agradeço a todos que contribuíram e contribuem de alguma forma por estas mudanças que me tornaram ou me tornam cada vez mais consciência e também me tornaram uma pessoa melhor. Novamente o meu muuuito obrigado!!!

    ResponderExcluir
  6. (Risos), comentários com entonações de despedidas? Será. Que a Luz estejam com vocês.

    ResponderExcluir
  7. SÓ AQUELE QUE VIVE O AMOR PODE VIVÊ-LO

    " Enquanto você estiver no conceito ou na compreensão, você não poderá jamais vivê-lo. Salvo é claro no momento coletivo. Mas lembre-se do que eu te disse bem no começo. Deixando a postura mesmo a mais nobre ao nível do Amor, enquanto que você crer que existe uma consciência, uma evolução ou de outro mundo, você resiste a VERDADE e você é um peso para aqueles que são ou que é liberado da sua própria consciência. Aquele que vive o Amor não vê o peso. Ele não vê mesmo a sua forma, ele não vê mesmo a sua história, ele vê simplesmente se você é pesado ou se você é leve. A compreensão não muda nada sobre isso. E nenhuma vivência também não. Só o Amor lhe permite, é por isso que ele é chamado o Amor Nu, e antes disso a Consciência Nua.
    Aquele que vive o Amor, eu te remeto, por exemplo, a Rumi, eu te remeto a Sri Aurobindo na fase de fogo todos eles escreveram a mesma coisa.
    A criação é um sonho, aqui é um pesadelo. Não existe nenhuma criação, portanto não pode haver nenhuma descriação. Mesmo para aquele que considera isso aí como uma descriação se posiciona na história do ego e na história do mundo e não da VERDADE. A VERDADE é Amor e não há outra.
    E o Amor não tem necessidade de forma, o Amor não tem necessidade de indivíduo, o Amor não tem necessidade de mundo. É um estado que não conhece nem o nascimento nem a morte. E isso no século 20 passado, incontáveis irmãs e irmãos de todos os horizontes lhes disseram isso e as testaram.
    Mas ainda uma vez, mesmo os testes, se você não os vive, não tem nenhuma utilidade e lá é o sofrimento. O único sofrimento que restará será esse de não se reconhecer no Amor e na Verdade... E persistir a crer ser uma pessoa, a persistir no sonho da individualidade, no sonho de uma evolução, no sonho de qualquer coisa a aperfeiçoar. Você já é de sempre perfeito na eternidade, antes mesmo de ter nascido nesse mundo como em todos os outros mundos. O que você quer ter de precisar de um arcanjo, de uma fonte quando você é o tudo, quando você é o nada? A consciência não tem necessidade de mentir, ela não tem necessidade de jogar qualquer jogo, seja em qualquer dimensão que seja. Só o Amor lhe faz viver isso aí.
    E hoje, como eu lhes disse, você não pode ser, de uma vez só, a pessoa que vive o Amor e viver o Amor. Se você vive o Amor não existe pessoa. Se você vive o Amor que você é então não há nem passado, nem presente nem futuro, só há a beatitude do instante presente. "

    ResponderExcluir
  8. " Este instante presente não deve ser confundido com o instante presente da pessoa. Você foi portador de técnicas fortemente utilizadas de maneira extensiva para lhes permitir de se aproximar disso.
    Não se esqueça que o procurador é o procurado. Enquanto você não viu isso e você não o viveu, você passa o tempo andando em voltas no mundo, na criação confinada ou não.
    É muito difícil para a consciência, ela mesma, como para o ego, de acreditar que ela é uma ilusão.
    A característica da consciência é de voltar a jogar. Como a criança que joga e que não olha para as horas, que pede para jogar. Você pede para jogar, nada de mais nem menos. O Amor é anterior a todo jogo, a toda forma, a todo mundo e a toda criação. Só aqueles que vivem podem testemunhar, e eles são cada vez mais numerosos a testemunhar. É inelutável.
    Mas eu quero chamar a sua atenção que simplesmente estando em outras noções, sem querer, você cria resistências, não em você mesmo, mas na história coletiva. E são essas resistências que pertencem aos hábitos, que estão em fase de serem varridas daqui, não pela consciência Nua se confrontando com os arquétipos, mas pelo Amor Nu, aqui mesmo lá onde você é. Não há outra coisa a fazer, simplesmente se instalar na VERDADE e enquanto que esta VERDADE dependa de uma forma, de uma história, de um cenário, você está na ilusão, nada de mais, nada de menos. "

    Extraído de ABBA – Parte 2 – 30 de junho 2018

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "SÓ AQUELE QUE VIVE O AMOR PODE VIVÊ-LO"
      Título e dizeres muitos complicados! Mas já não me preocupo tanto com as explicações, mas sim no sentir, por isso me coloco sempre à disposição para o que chegar.

      Excluir
  9. Obrigado a todos, que fazem um trabalho nobre para as traduções. Sei que é muito complicado, o trabalho de vocês. Mesmo com poucas possibilidades de desenvolvimento, vocês possuem a coragem e a confiança internas, que criam uma perspectiva luminosa, aonde todos saem ganhando: em ALEGRIA e LUZ. Muito obrigado a todos.

    ResponderExcluir
  10. Então, meus amados irmãos e irmãs, tudo está de acordo com a Inteligência da Luz, nesta semana, eu vivi a junção do Nada e do Tudo, uma sensação (essa não é a palavra certa) que eu era ABBA, a tela da consciência,o Amor nú, o Absoluto, a presença e ausência, tudo isso ao mesmo tempo, de olhos abertos. Então, vejo algumas indagações de alguns, posicionados na pessoa, mas vocês não são a pessoa. Se vocês são totalmente honestos, transparentes consigo mesmo, não há erro, as coisas fluem muito rápido, certamente a Francisca, Manuel Egídio e outros concordam com essas palavras. O ego sempre quer explicações, quer provas, quer balanciar as coisas. O ego é o mercador do templo, deixe lugar à sua CRIANÇA INTERIOR, que é leveza, amor e sabedoria. Deixe tudo chegar e tudo passar, não se apropria de nada. Você não é suas experiências, mesmo as mais belas e sagradas. Perdoe todos aqueles que possam ter te prejudicado, não deixe nada pendente. Não corrija nada, entregue ao Cristo, e ele cuida disso melhor do que você. Ame mais, sorria mais. Seja a mesma Luz nos momentos de alegria como nos momentos de turbolências. Quando eu cheguei aqui, ainda no blog da Célia G, eu tinha lido muita coisa, pensava que já sabia muito, e escrevi uma besteira sobre Krishnamurti, e o Manuel Egídio, me replicou, e naquele momento, eu achei até indelicado a forma que ele tinha falado, mas eu voltei a atrás e pedi desculpas, mas se fosse outro, nunca mais teria voltado no blog, pois o danado do orgulho espiritual é uma coisa ferrenha, reconhecer o erro dos outros é muito fácil, mas o nosso é difícil. E mais recentemente eu lembrei dessa situação, e eu ri, pois eram aquelas palavras que eu precisava ouvir naquele momento. A minha vida estava muito complicada em 2010, e eu me coloquei no Coração, e disse a FONTE que ela podia me destruir ou me conceder o que ela quisesse, e esse foi o clímax da tensão para o abondono, e depois disso, eu comecei a ter um show de vibrações, fogo, e água correndo no peito, na cabeça, nas costas, e quando Aiva disse que viria um novo interviniente, em 2012, para chutar os nossos traseiros, eu coloquei o meu traseiro para BIDI chutar. Mas todos esses depoimentos referem-se à minha pessoa. Quando a mente fica mais apagada, ela dá lugar à consciência, quando a consciência se apaga, ela dá lugar ao Absoluto, só que esse último não tem continuação do anterior. O Absoluto é o que todos somos, o Si desaparece, o não-Si, a a-consciência desaparece. Alguns levaram 20 anos para isso, o meu personagem 3, e hoje, pela a intensidade da Luz no planeta, pode ser em 1 dia, e isso não requer nehuma aprendizagem, não se importe em abrir chacras e portas, diante do Absoluto, você entregra isso também, pois Ele te quer nú, desposado de todas as suas vestes e ornamentos. E outra coisa, você não desposa a Luz, é ela (a Eternidade) que te desposa, é a sua rendição, seguido da Ressurreição, da autonomia e liberdade tão falado por nosso Irmão K. Abraços a todos. Eu sou o Nada, eu o que vocês são, o que é além da forma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belo depoimento, Luiz Antonio !

      Gratidão...

      Excluir
    2. Rendo graças ao irmão, por este testemunho. Sim, concordo com você em tudo. No meu caso já vivi tanta coisa e ainda vivo, mas no aqui e agora, muito me foi dado, sinto que chegou a hora de eu repartir um pouco para meus irmãos e irmãs que ainda dormem, sem conflitos, sem imposição, mostrando a alegria do Ser, estando presente neste mundo, mas não sendo mais envolvido por ele. Estou ciente das armadilhas arconticas deste mundo, do ego, do julgamento, da personalidade, das emoções e penso que estar ciente de tudo que é efêmero ou tudo aquilo que nos prende e confina, só o fato de ter este conhecimento, facilita muito a minha liberdade, alias já sou um liberado vivo, só que ainda vivo de forma consciente alguns processo da alma, mesmo ela dando sinais de dissolvida... Em resumo estou Lúcido em relação a tudo no aqui e agora e rendo graças a sua verdade, quem sem dúvida é a minha também.

      Excluir
  11. El Amor es Todo. Cualquier cosa es subalterna. Gracias.

    ResponderExcluir
  12. Considerando o quanto a questão do absorver tem assumido tanta relevância nas mensagens mais recentes, sinto-me no impulso de expor o seguinte:

    Na dificuldade, assim como no desconforto, assim como nos desafetos, é normal ocorrer a reatividade; porém, com esse enfoque da absorção se referir à essência, que está em cada um, e eu diria mesmo, em cada situação, ficou factível até o mais improvável. Então, como ser atravessado, por exemplo, diante do inimigo, senão apenas na essência? Como, por exemplo, amar o próximo como a si mesmo, senão apenas na essência? Como desviar o foco da identificação do próprio mal, e mesmo do bem, senão, apenas sob o prisma da essência?

    Confesso que a cada dia tenho me beneficiado sobremaneira desse famoso absorver. Na verdade isso veio ao encontro, e à semelhança, de um dos maiores pilares do coração, que é a transparência, onde faz tudo passar... que certamente trata-se do um medicamento ímpar, sobretudo agora na versão absorver a essência de tudo e de todos.

    Vale salientar também, como diz as próprias mensagens: até chegar o evento, tudo tende a se acelerar e se intensificar de vez... até porque, no evento, tudo será inimaginável, e o atravessar e o deixar-se atravessar, certamente será providencial, por ser exatamente o procedimento por excelência, e mesmo podendo chegar a ser imprescindível.

    Portanto, que esse absorver a essência, que tanto benefício tem trazido a tantos, onde tanto me incluo, seja sobretudo assimilado como sendo o meio de despertar em cada um, o próprio Único, que é o que verdadeiramente todos somos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. .... enão.... logo no primeiro evento de absorção, sofri alguns ataques.... certamente vieram tirar satisfação do que estava fazendo, fiquei uns dias ruim ... então mudei de tática.... ao invês de fazer a absorção de maneira individual, e direcionada, comecei a absorver Gaia... o coletivo.... se tem o mesmo efeito ou não, não sei... mas assim não vieram mais tirar satisfação... não sofri mais ataques....

      ass: Christian ...

      Excluir
  13. No silêncio e na alegria, absorvendo a essência na simplicidade e paz.

    ResponderExcluir
  14. " Os últimos nós que restam são resultado do medo, como sabeis. Do medo da morte, do medo da mudança, do medo do desconhecido, do medo do sofrimento, do medo do olhar do outro, do medo de um julgamento, último ou superior. Mas quem poderá julgar o que é falso a não ser os falsificadores? Não precisais de vos julgar, não é preciso julgar ninguém. Deixai cada um livre de viver o que tem para viver porque essa é a sua verdade mesmo que seja ilusória. Mas defini também, claramente, o vosso objetivo. Qual é o vosso objetivo? Observai isso sem esquivas. Em verdade, o que procurais? Não podeis responder: “Procuro a Luz”, pois isso quer dizer que a procurais no exterior e então é uma luz falsa. A única Luz verdadeira está aí, no meio do peito, não precisa de nenhum enfeite, de nenhuma história, de nenhuma decoração, de nenhuma forma. "

    BIDI

    ResponderExcluir
  15. Aplausos a cada um que ousou e ousa se expressar em palavras, mas que ressoa ao infinito... ALEGRIA!

    ResponderExcluir
  16. Compartilhando...

    Durante os dias trabalhando nos textos, cada relato de JL em seus SATSANG - JUNHO, mostrando os enlaces dos arquétipos em cada ponto, funções, e todo o processo de reversão e reajuste em nosso corpo físico, nos últimos 34 anos... pude relacionar com cada experiência vivida e experimentada direta no corpo e outros fenômenos, inclusive os vislumbre e percepção de imagens, principalmente nos últimos meses...

    Ontem, no início da noite... o circuito que tem estado ativo no alto atrás da orelha esquerda (passando por trás) unificou-se com o lado direito e desencadeou algo distinto... desde o início da coluna vertebral (parte baixa) até o topo, passando pela parte posterior do crânio, ativando cimo da cabeça, e envolvendo toda fronte da testa descendo (como um canal interno) passando pela garganta e indo para o peito e toda parte posterior... era como se todas as células entrassem em harmonia e sorriam... e hoje pela manhã novamente e então se espalhou ombro a ombro (no osso) na parte da frente...

    Francisca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Francisca por compartilhar conosco as suas, sempre magnificas, experiência. Enche o meu coração de alegria.

      Excluir
    2. Francisca, tendo lido quase toda essa gama de suas experiências, por mais interessantes que elas tenham sido, nenhuma outra impressionou-me tanto quanto essa: "era como se todas as células entrassem em harmonia e sorrissem, tendo depois se repetido". Realmente você pode ser considerada um fenômeno à parte, no que tange a tais fenômenos vibratórios. Certamente que essa sua extraordinária vivência de ontem, também me deixou ainda mais feliz pelo seu processo, que além de tudo, ilustra o quão as mensagens são muito reais.

      Excluir
  17. " O QUE É QUE VOCÊ QUER? SER A VERDADE OU ESTAR NUMA RELAÇÃO?
    A um certo momento você não pode fazer concessões, aconteça o que acontecer. O peso do Amor se tornará tão intenso que todo o resto, sem nenhuma exceção, deverá se tornar visível. Você não pode manter o antigo com o novo. Você o vê, você o constata, você o vive. Então o que você faz? O mundo ainda esta aí, você se demitiu? Você volta no relacionamento com todos os apegos? Ou você vai, além disso, para o mundo do amor e da verdade? Porque se você ainda acha que o amor depende de algum relacionamento, de qualquer idade, de qualquer bem estar você está enganado. O amor é independente de tudo nesse mundo.
    Agora é hora de colher as recompensas. E você também verá, como eu digo, que quanto mais denso é o amor, mais ele te toma completamente. É claro que até agora todos nós dissemos a você, uns e aos outros, que você deve assumir e não rejeitar nada, mas se o amor te colocar em êxtase por uma semana, como você faz isso? Você vai voltar para ver o médico, para que ele o faça parar o trabalho? Ou você vai voltar para agradar seu filho ou sua mãe, ou você vai permanecer no Amor? É uma questão de compromisso, só se pode notar que o amor está sempre ganhando, que nada pode se opor à verdade, mesmo nas relações conflituosas ou nas obrigações. As obrigações são obrigações da sociedade, não são as obrigações da Vida, nem do Amor ainda menos, não é questão de fugir de qualquer coisa que seja ou de quem quer que seja. Eu não estou pedindo para você se demitir, mas você deve ver por si mesmo, que quanto mais você se deixar derreter, fusionar, inflamar pelo Amor, menos o que concerne à ilusão, pode chegar até você. Se não, o amor não serve para nada. Caso contrário, o sonho pode continuar.
    Mas você não pode mais dar energias da consciência, ao que faz o mundo.
    Há um momento em que há uma ruptura e vocês são cada vez mais numerosos a vivê-la. E é aí que é a escolha, a finalidade que todos sabem, você todos viverão.
    Mas neste período, o que você faz? Você facilita a revelação do amor? Ou você mantém qualquer que seja o custo o que é inútil, o que é ilusório? Você não sairá disso pela consciência em si, mas apenas pelo vazio, pela A-consciência, pelo Absoluto. E é bem possível para cada um, que isso seja através de sua troca, seu testemunho, de constatar isso. Você coloca o Amor na sua frente, ou você coloca o relacionamento na frente? É o que a luz exige de agora em diante a cada instante, e ela vai chamar de uma maneira cada vez mais insistente. O sacrifício não é uma palavra vazia, a ressurreição também não. Alguns vivenciaram, desde o início de abril, uma série de processos. Estes processos foram reais, não? Eles conduziram necessariamente a essa descoberta, que é o seguinte, você é cada vez mais inadequado à qualquer ilusão que seja.
    A verdade hoje não pode mais lidar com a ilusão, e será cada vez menos. Então, seja você genuíno e verdadeiro, ou você está tentando compor. Pode ser justamente para você que essa seja a noção de sacrifício, mas você não precisa se isolar. Você precisa estar lúcido a cada minuto. Mas não se deixe levar por tudo que é ressonância, reação, dualidade ou qualquer outra coisa. "

    Extraído de BIDI – Parte 1 – 1º de Julho 2018

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Amor não se vive, se É o Amor !

      Excluir
  18. Quarenta dias atrás, em 1º de Julho/2018, fiz um comunicado onde dizia das mudanças acentuadas que vivia o blog, em decorrência principalmente da ausência de transcritores e tradutores, que sempre foram a base de existência do próprio blog. Dizia que as traduções das mensagens de Junho/2018 estavam pendentes por essa razão. Dizia também que não acreditava que a situação era apenas momentânea, pois já era constatável que tais protagonistas, dessa tarefa básica, que era traduzir as mensagens, já não retomariam regularmente. Dizia também que as próprias mensagens encontravam-se em transformações, apontando para nova perspectiva e inclusive apontando para certa renovação de conteúdo. Face a isso, senti-me no impulso de sobretudo agradecer às tradutoras que até então tinham sido vitais a esse trabalho de divulgação do blog.

    Em resposta ao comunicado supracitado, surgiram alguns seres de muita boa vontade, se dizendo dispostos a suprirem, dentro do possível, tal necessidade de transcritores e tradutores; embora muito reconhecedores das suas próprias limitações e habilidades perante a tarefa. Aqui os destaques foram a Francisca dos Reis, o Alberto Cesar, o Edmundo Dantes, a Célia Leal, o Thiago Maximo, e o M.KIRISTI. Em função de tão valiosa oferta, o blog pode continuar sua jornada, dando inclusive a impressão que não veio mesmo para deixar sequer uma tradução pendente. A Francisca disse que, na ausência das transcrições oficiais, do Les Transformations, recorreria às transcrições Youtube, mesmo estas sendo tão cheias de percalços. Bem, a Francisca foi uma guerreira, e não deixou nenhuma tradução pendente. O Thiago tentou diluir a existência de bugs (trechos intraduzíveis), típicos destas transcrições do Youtube. O Edmundo ficou mais em função de eventuais transcrições oficiais. A Célia Leal, faria alguma transcrição e tradução com base no áudio, definindo seu ritmo como lento. O M.KIRISTI, se colocou como alternativa para as transcrições em espanhol. O Alberto, com base sobretudo no áudio, e mesmo nas traduções da Francisca, se colocou muito disposto, muito produtivo, muito capaz, muito surpreendente, e não dá sinais de cessar...

    Aproveito também para falar que circunstancialmente fui levado a conhecer melhor o Facebook. O Alirio Santos e a Marina Marino, do Grupo Shantinilaya, foram os principais responsáveis pelo ocorrido. Percebi que o trabalho deles é bem mais concernente ao do Últimas Leituras do que jamais imaginei, e que por isso, tenho estado bastante por lá. Então, embora nada tenha mudado em minha atuação aqui no blog, onde iremos até o fim, publicando em especial as traduções destas mensagens, que por hora estão mais restritas às traduções do Alberto. Diria ainda que não acredito que isso seja uma simples fase, com direito a retornar ao que já foi, e que ainda não seria o fim do mundo (rs)...

    Senti que esse relato se fazia necessário, e sobretudo senti que os leitores do blog, cada vez mais filhos da Luz, mereciam recapitular e até terem algumas novas informações, mais claramente.


    Deixo ainda, como sempre, meu abraço de acolhimento e gratidão, e que continuemos indefinidamente, porque assim é o Eterno !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que tenho andado pelo Grupo Shantinilaya e postado alguma das suas publicações aqui. Todos estão no lugar certo e todos tem a sua importância para a divulgação das mensagens do site francês. O agradecimento a cada um dos atuantes neste movimento, todos merecedores de nossos agradecimentos. Obrigado!

      Excluir
    2. Gratidão aos tradutores, de alguma forma, já senti alguns deles antes de fazer a leitura.

      Excluir
  19. Irmãos e irmãs da eternidade, gostaria de apenas deixar registrado aqui algo estranho. Já faz algumas semanas que ativei meu facebook para amizades, futuras amizades para um despertar ainda mais global, com informações importantes e inclusive mensagens da Luz sobre estes tempos que vivemos no aqui e agora. Mas tenho observado algo estranho... Cada vez que coloco uma postagem no facebook para os amigos e as amigas lerem, poucos minutos depois ou horas depois, o meu Nobreak ou estabilizador de energia da minha CPU, ele começa a cair, como se fosse código Morse, é semelhante a código Morse, parei com as minhas postagens no facebook, o código Morse, também parou, muito estranho isso, e as vezes tarde da noite, de madrugada eu acordava, aquele barulho no estabilizador. Observe se isso ocorre no seu estabilizador? O que será que está por trás disso? Obs: Não vejo queda de energia, porque nenhuma lâmpada acesa pisca ou dá sinal de queda. É isso... Que a Luz abençoe a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o "codigo morse" do estabilizador, é referente a variação na corrente eletrica... a eletricidade chagando em sua casa não está estável... então o estabilizador fica "clicando" cada vez q há uma alteração da voltagem... o trabalho do estabilizador é tentar estabilizar a corrente... estes cliques são exatamente para alertar que a corrente eletrica está instavel....

      com relação a esta instabilidade estar relacionada as postagens.... bom... é sim possivel.... vai depender de o quanto " carregado" está o ambiente onde habita.... as "tranqueiras" que habitam o baixo astral se concentram em ambientes com eletricidade, e principalmente em equipamentos tecnológicos (computadoires, celulares, etc).... se alimentam das energias que geramos ao usar estes dispositivos (em geral se alimentam de desejos humanos, por ex: ao ver uma video de um novo proiduto, uma televisão nova, isso gera no humano um desejo d econsumo, de ter de possuir, e isso gera uma vibração / energia que serve de alimento para as tranqueiras do baixo astral) .... então... resumindo.... sim .... estas ocilações podem estar relacionadas as postagens, uma vez que estes seres / parasitas / larvas astrais, sabem do que se trata as postagens .... é uma maneira de repulsa talvês, que acaba refletindo na ocilação da energia.....

      ass: Christian ....

      Excluir
    2. Não se preocupe isso é normal. Os nobleaks e os estabilizadores funcionam com chaves, reles que ligam e desligam para manter a estabilidade da rede elétrica. Estes barulhos são só as chaves/reles ligando e desligando. Tudo normal, não é nada esotérico, é técnico mesmo. Fique tranquilo. 👍

      Excluir
    3. Rendo graças aos meus amados irmãos da eternidade pela explicação.

      Excluir
  20. " ENQUANTO VOCÊ ACHA QUE ESTÁ LIMITADO POR UMA OBRIGAÇÃO, É PORQUE VOCÊ AINDA NÃO ESTÁ ADAPTADO À VERDADE.
    Neste momento que você tem, diremos, um marido ou uma mulher o mais horrível que eles sejam, que você tem filhos pequenos, ou que você é totalmente livre, não faz nenhuma diferença, é a pessoa que acredita nisso. Enquanto você acha que está limitado por uma obrigação, por algo na tela do seu ordinário, de qualquer natureza, é porque você ainda não está adaptado à verdade. Então, é claro que já existem flutuações nesse estado de verdade. Você nota mais que tem momentos onde você está mais em alegria, mais em Amor, mais leve, e por um momento lhe parece até sem motivo externo de retornar aos hábitos. E os hábitos que foram reconfortantes antes, se tornam um peso, mas isso é normal. Não há anomalia, é a justa progressão da verdade, do Amor Nu, através da ilusão. Até mesmo Cristo na cruz disse “meu pai porque você me abandonou”, mas ele nunca abandonou, nunca, nunca, assim como o amor nunca deixou você. Saiba bem que é sua pessoa que ele deixou. E lá não vá procurar por álibis de arcontes nem nada. Hoje a verdade é onipresente, seja qual for o estado do mundo.
    E precisamente nós lhes dissemos, quanto mais o amor for revelado, mais o caos será amplificado. Você está apenas começando a perceber isso. Virá um momento, e também é o fim dos tempos, onde o amor não pode mais coexistir, ou mesmo ver, alguns elementos deste mundo, e isso está acontecendo para muitos de vocês. Sempre pensando e especialmente em situações, o mais difícil para a pessoa. Pense em se colocar de volta ao seu interior antes de qualquer outra coisa. Eu digo isso e repito, e Abba também, e o acólito também, nós temos que viver o que é para viver. Mas não ponha o entendimento ou o intelecto na frente dele, senão você nunca o viverá, e todas as circunstâncias de sua consciência agora, estão lá apenas para por isso em evidência. "

    Extraído de BIDI – Parte 1 – 1º de Julho 2018

    ResponderExcluir
  21. Muitas vezes a procura obsessivo, incessante leva a recaídas enquanto o silêncio leva a paz e a alegria. Chegou a hora do silêncio.
    Estejam em Paz e na Alegria!

    ResponderExcluir
  22. Acordada, hoje - 11ago -, por volta das 7:30 horas, um fogo intenso toma conta do peito, e após o corpo reagir com espirros, sinto uma dança “do refrescante com o calor” - “fogo e agua” -, como se fosse uma valsa – “a valsa”.

    Depois de alguns minutos houve uma “alquimia”, que trouxe “ALGO” que se espalhou pelo corpo, que mesmo a mente não ousava movimentar qualquer parte do copo.

    De repente uma pressão em toda extensão atrás da orelha esquerda, cada vez mais forte, então pendi a cabeça para o lado direito, e toda pressão se diluiu, e o ”ALGO” tomou toda a cabeça e assim completou toda extensão do corpo.

    E esse “ALGO” é sentido – não no peito ou pela mente – mas em uma forma “deleite” de cada célula... e mesmo agora, ao me movimentar, permanece... embora de forma mais sutil...

    Francisca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MARAVILHA Francisca !!!
      Se eu soubesse como, gostaria de ser você só por alguns segundos para poder viver toda esta MARAVILHOSA experiência. Mas, fico muuuito feliz ☺ e de coração Alegre e Leve só em ler as suas MARAVILHOSAS experiências. Sempre os meus agradecimentos por compartilhar suas experiências conosco. Obrigado !!!

      Excluir
  23. Saber e gostar não significa que isto se converta em realização, por mais que se queira ou se empenhe. Isso acontece principalmente diante dos maiores ensinamentos, tais como: "amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo". Portanto, dizer que o saber sem viver, não é lá grande coisa, não é algo tão simples assim. O próprio amor humano, por mais admirado que seja, é muito difícil de ser vivido, por mais que se deseje; e mesmo que se consiga, essa realização é das mais instáveis e tênues. O próprio Amor verdadeiro, por exemplo, fica mais a nível de adoração, do que propriamente de uma determinada realização, de quem quer que seja, pois o Amor não é algo ligado ao conhecimento ou ao querer, mas muito pelo contrário; sendo, além do mais, algo intrinsecamente Uno, onde é vivível apenas em si mesmo, onde todas as ausências necessárias se fazem presentes. Assim, nenhuma ação seria praticável, senão até o limite da ilusão, onde se destaca a própria desistência de existir; mas aí, isso é algo quase inconcebível, e muito menos algo tão querido, que seria o mais fundamental. Quando ardentemente se deseja alguma coisa desse mundo, normalmente se consegue o almejado; contudo, a última coisa que se deseja é desistir da pessoa que se é, da individualidade que se é, mesmo quando se toma conhecimento de que a Verdade, que todos somos, requer essa desistência de existir a partir da pessoa ou da individualidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em suma: Querer pode até ser poder, mas exige um querer muito além do que podemos na prática transformar em realidade. Por isso, como inúmeras vezes já dito, o Silêncio e a postura de estar aberto em Recebimento é a melhor medida.
      O nosso dia a dia exige tanto de nós que somente aqueles que tem o privilégio de ter como unico compromisso respirar e se alimentar consegui com facilidade se "sacrificar". Quando me é possível estar fora do mundo ei sinto que algo está acontecendo de transformador em mim, mas a recaída logo vem quando nos é exigido viver a realidade desta "ilusão" que é a única coisa que temos certeza de viver.
      Eu nunca tenho um sentimento de ser alguém que não, se tratando de outro humano, mas fico de coração leve e como uma paz imensa quando leio as experiências da Francisca.
      Pacientemente eu espero, de coração aberto, que algo chegue ou se revê em mim tão MARAVILHOSO como as experiências da Francisca. Fico muito feliz por ela.

      Excluir
  24. Alguns dias atrás descrevi um processo em que uma harmonização das células, como se elas sorrissem. Nos dois dias seguintes, continuou descendo até a pélvis e depois pelas extremidades.

    Na manhã do dia 10ago2018, descrevi um ALGO que tomou todo o corpo.

    À noite, 10ago, depois horas de um fogo intenso em todo corpo, adormeci depois das 23hs e semi despertei por volta 00:20 horas, um “processo ou fenômeno” se passou que não sei como descrever. A única coisa que posso dizer que ao final foi como se todas as células estourassem como fogos de artifícios.

    Então desperta, porém sem movimento, sem nenhuma percepção do corpo, do lençol, do cobertor, do colchão, das paredes, do prédio... A mente e a consciência localizada apenas de maneira sutil, em um enlace de ponta a ponta do alto detrás das orelhas, e sem nenhum controle ou comando .... por longos minutos, sobre o corpo. A respiração não estava localizada, não havia nem sequer a respiração do coração.

    Depois de um tempo me virei para outro lado, e nada afetou, instantaneamente o mesmo estado se instalou, embora ouvia o som da rua, e assim passou, no vira a vira até que olhei para o relógio, já era 1:30. E assim seguiu... Sei que adormeci e despertei, e o mesmo fenômeno continuou da mesma forma...

    A pessoa e o corpo permanece totalmente a parte do que ocorre... Sou apenas um “receptáculo” de algo muito muito além do que a mente possa conceber.

    Hoje, 13ago, por volta das 4:30hs - os pássaros começavam a cantar-, num semi despertar, de maneira sutil ocorre uma pressão na “fonte” lado esquerdo, e em seguida um espalhar de maneira sutil de algo pelo corpo todo, ao final é acionado algo diferente, mas também sutil e no corpo todo. Adormeci e despertei, novamente o mesmo processo da mesma forma.

    Nota: eu compartilho, apenas para os que nada vivem, saibam que há muito mais, além do que nossa mente possa conceber e que realmente, de maneira espontânea se dá acesso a ALGO além de nossa compreensão.
    Mas lembre-se muitos optaram por não viver ou experimentar nada antes do momento do evento.

    No entanto como pessoa só posso conceber que há uma imensa alquimia e harmonização sagrada ocorrendo num “TODO”. Sou apenas um “espaço” onde ocorre, e que seguramente há muitos outros seres que vivem o mesmo e desconhecemos.

    Francisca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão pelo rico testemunho e esclarecimentos, Francisca!!!


      Excluir
    2. " Nota: eu compartilho, apenas para os que nada vivem, saibam que há muito mais, além do que nossa mente possa conceber e que realmente, de maneira espontânea se dá acesso a ALGO além de nossa compreensão. "
      Muuito obrigado por compartilhar! Não vivo nenhuma experiência, mas fico muuito feliz em ouvir as suas, sempre com o coração em alegria. Obrigado!!!

      Excluir
    3. Se você fica feliz em ouvir do outro, e fica feliz por ela, a Francisca ou qualquer outro irmão / irmã, isso prova que vc não tem orgulho espiritual, que vc está no caminho do Silêncio, e além do mais, você é a Francisca e tudo mais.

      Excluir
    4. Eu não tenho nem palavras, só gratidão por compartilhar conosco suas vivências.Gratitude Francisca!!!!

      Excluir
    5. Obrigado Francisca. Lendo os seus depoimentos eu sinto que podemos e somos muito mais do que esta experiência humana. Não vivo as experiências, mas em alegria e em silêncio me ponho a disposição.

      Excluir
    6. Nossa francisca, gostei do seu depoimento. Quanto a mim, vivo sim, mas bem mais pouco.

      Excluir
  25. Em unidade e alegria Francisca, estamos na mesma vibração e vivenciando esse momento derradeiro de transformação.

    Muita Paz e alegria.

    ResponderExcluir
  26. " PODERIA DESENVOLVER SOBRE O AMOR VERDADEIRO?
    O amor humano, tal como todos nós vivenciamos (quando estávamos encarnados), é um amor que funciona pela ligação. É um amor que é, como vocês talvez saibam, condicionado e condicional porque ele leva em conta relacionamentos. Este amor é sempre condicional a uma certa forma de reciprocidade, a uma certa forma de convivência, a uma certa forma de acordo tácito, pleno de alegrias e de dores, de obrigações, de sentido moral e de humanidade.
    O Amor Verdadeiro está além da humanidade.
    O Amor Verdadeiro é a doação de si, ao Si.
    É viver a Unidade.
    É viver o Amor da Criação.
    É tornar-se, além da criatura, o Criador.
    É tornar-se o Todo, o Um.
    E, neste Amor, não há lugar para a sucessão de alegrias e de dores. Neste Amor, há apenas Felicidade absoluta porque este Amor é livre, na totalidade, de qualquer dependência e de qualquer condição (de qualquer condição humana). Mas, não está acima da humanidade pois é preciso descer, justamente, na Humildade e na Simplicidade, a mais total, para descobrir este Amor Verdadeiro.
    É o Amor que libera.
    É o Amor que traz Alegria.
    É o Amor que, sobretudo, não depende de qualquer ligação existente neste mundo.
    É o Amor que restitui pelo abandono de si ao Si.
    É a isso que vocês são chamados.
    É isso, se tal for sua aspiração, que vocês devem (se vocês o desejarem) viver e estabelecer em vocês. Obviamente, isso não vai, no entanto, destruir integralmente as ligações condicionais. Porque a humanidade é condicional. E o ser humano é condicional, por sua Essência que foi privada, justamente, de sua Verdade."

    ResponderExcluir
  27. " Simplesmente, viver o Amor Verdadeiro os torna capazes de viver todos os outros amores, com outra consciência, com outro olhar, que não é mais aquele dos laços, que não é mais aquele das limitações, que não é mais aquele da sucessão permanente de alegrias e dores.
    Porque este Amor é Livre e é independente de qualquer reciprocidade. Não há necessidade desta noção de reciprocidade. Eis o que podemos dizer, com palavras, sobre o Amor Verdadeiro.
    Mas, é claro, o amor humano é um meio, e um freio, para chegar a este Amor Verdadeiro. Um meio porque ele leva a uma transcendência do limite, mas, também, porque ele é um freio em muitos relacionamentos, pelas condições morais, sociais e da carne, que os impede de viver o Amor Verdadeiro. Ao passo que o Amor Verdadeiro, ele, não os impede de viver o amor humano limitado: uma outra iluminação, um outro olhar, uma outra maneira de viver o Amor e de ser, sobretudo, o Amor.
    Muitos seres humanos, muitos Irmãos e Irmãs, na encarnação (e eu estive, certamente, também, nesta maneira de ver, quando eu fui mãe), nós consideramos, todos nós, que a carne de nossa carne é nossa carne e que há lugar para estabelecer, nesta filiação, uma relação privilegiada. Mas, lembrem-se do que me disse meu Filho, na cruz: Ele disse que eu não era sua mãe. E Ele tinha razão. Mas, isso, naquele momento, eu não pude compreender de imediato, mas somente no momento de minha Assunção. Porque, naquele momento, eu percebi a plenitude da Pureza, a plenitude da Unidade.
    O que vocês são levados a viver, hoje, é, certamente, o acesso a este Ilimitado. Mas, para isso, é preciso desfazer-se de tudo o que é limitado, não rejeitando, não se afastando de vocês, mas transcendendo o que vocês são. Sair do ter. Entrar no Ser. Não mais aderir ao que é falso, ao que é ilusório e efêmero.
    Alguns poetas disseram que seus filhos não eram seus filhos. Existe, nos Mundos Unificados, a Liberdade mais total. Mesmo se houver filiações ditas espirituais ou Dimensionais, vocês são Livres. Não há qualquer relação que realmente possa aprisioná-los. Não há qualquer relação que realmente possa freá-los, já que em meio aos Mundos Unificados, tudo é Comunhão, tudo é Liberdade e tudo é Alegria, tudo é Transparência. Quem pode dizer que um relacionamento humano é transparente? Porque ele é construído, desde a Eternidade, por insinuações, ligadas às suas emoções, às suas seduções, aos seus pensamentos. Tudo isso é profundamente limitado, limitante e é, profundamente, debilitante para o Ser. O Amor Verdadeiro nada tem a ver com tudo isso. "

    Extraído de Maria - 7 de Janeiro 2012

    ResponderExcluir
  28. ⬆ Este é o "Amor do Outro Mundo", mas se "sacrificarmos o humano" poderemos vive-lo neste mundo.

    ResponderExcluir
  29. Última noticia http://www.etresenevolution.com/2018/08/15/15-8-2018-trou-coronal-massif-du-soleil/

    ResponderExcluir
  30. Ultimamente tenho visto coisas, inclusive acontecendo comigo mesmo, que reforçam minha sensação de iminência do Evento. A seguir, algumas destas coisas:

    - Hoje, sem mais nem menos, retornaram as notificações para o monitoramento dos comentários postados no blog. Eles eram enviados para meu e-mail, mas deixaram de ocorrer nos meses mais recentes. Outra curiosidade nisso, foi que a 1ª notificação realizada, era de um comentário em uma mensagem de maio, repetido 3 vezes, onde me era proposta uma oportunidade de grande sucesso. Para contato, foi fornecido um e-mail illuminate. Claro, para quem não tem qualquer crença, como é bem o meu caso, isso não me ressoou em nada, exceto que o mundo anda mesmo muito confuso (rs).

    - O aprofundamento no sentido da queima das ilusões, pelo menos em mim, tem sido conclusivamente intenso.

    - A desarrumação nos mais diversos setores da sociedade, com destaque para os assuntos econômicos e políticos, jamais foi tão exagerada e nítida.

    - Cada vez mais a Ciência precisa esconder Nibiru (rs), deixando mesmo tudo para o último minuto; como dizia o Aïvanhov.

    Bem, a Verdade nunca esteve tão longe desse mundo... O que é a maior conclamação e aceno para o surgimento de um novo mundo.

    ResponderExcluir
  31. " DADA A IMINÊNCIA DOS EVENTOS ATUAIS, VOCÊ PODERIA DAR-NOS ALGUNS CONSELHOS PARA ESTARMOS PRONTOS? "
    " Mas eu creio que é o que vocês têm feito, já há tempos imemoriais. Isso faz dez, trinta anos, para alguns. Vocês não podem estar em melhor lugar do que aquele no qual estão agora. É, sempre, o ego que lhes sussurrará: “o que eu posso, ainda, fazer?” Então, eu responderia: “Esqueça-se de si mesmo”. Ocupe-se de seu coração, não se ocupe mais de seus traseiros, escute seu coração. Quando eu digo escutar o coração é, verdadeiramente, posicionar-se, em verdade, no coração. Se você não sente as vibrações, ame – e não se preocupe com o resto. É o ego que crê que há, ainda, algo a preparar.
    Portanto, a melhor das preparações é, sobretudo, ser, não é fazer dupla barricada ou imaginar fazer algo mais do que estarem presentes a si mesmos – não se deixando levar por reações de medo ou pensar que vocês não conseguem; isso nada quer dizer. Aliás, eu creio que Sereti disse-lhes para viverem seu dia normalmente, mas, simplesmente, em um estado de vigilância e de alegria, o que quer que se desenrole em seu emprego do tempo desse dia, e dessa noite, aliás.
    Nós lhes dissemos, uns e os outros, que eram os tempos. O tempo chegou. Não há mais tempo, vocês veem isso nas sincronias. Vocês veem isso pelas novidades que vive sua consciência, às quais vocês não tinham acesso. Vocês veem, efetivamente, que as coisas modificaram-se. Alguns de vocês, que faziam tournicoti-tournicota (idas e voltas), foram lembrados pela Vida para viverem sua encarnação na materialidade a mais comum. Outros, enfim, descobriram, efetivamente, o Amor incondicional, de diferentes modos. Portanto, tudo isso, se querem, não são processos coletivos, como tudo o que foi descrito até o presente, com as Coroas, com a Onda de Vida, o Canal Mariano; é a realidade da co-criação consciente. Vocês veem que os mecanismos de sincronia ou de coisas improváveis produzem-se; havia os bugs na matriz, mas há, também, os bugs da continuidade de sua própria consciência comum. "

    ResponderExcluir
  32. " Vocês veem, efetivamente, que seu mental não funciona mais como antes, quer ele esteja presente, quer ele os domine ainda ou não, uma vez que ele mesmo perde-se sozinho. Vocês veem, por vezes, alguns, a dificuldade para manter um pensamento coerente, ou para atualizar o que você pensou como uma decisão de fazer isso ou aquilo – e que isso desaparece, totalmente, de sua consciência, qualquer que seja sua idade. Eu diria que é, como vocês dizem, um Alzheimer espiritual. Portanto, tudo isso é bem real, isso toca sua vida comum, não é? Não é uma viagem ao Sol ou após o Sol, são reencontros no interior de si, mas, também, com os irmãos e as irmãs, que desembocam em oportunidades sempre mais fortes de abrir-se, de deixar cair as barreiras, as resistências, as incompreensões.
    Há uma multidão de pequenos sinais que se reproduzem a cada dia, com outros novos, a cada vez. São os momentos nos quais vocês entram na interrogação interior, não é uma interrogação para uma questão, como vocês me colocam, mas é um elemento de surpresa que é, por vezes, desconcertante ou feliz, pouco importa. Vocês veem que a natureza, e o natural de sua encarnação, habituais na Terra, modificam-se, profundamente, de qualquer forma, de onde quer que vocês partam e onde quer que vocês estejam.
    Há uma espécie de saída – e isso foi dito por Cristo – da linearidade do tempo. Os tempos sobrepõem-se, eles desaparecem. Um minuto pode parecer-lhes uma hora, e uma hora pode parecer-lhes um minuto. Seu corpo, mesmo físico, pode dar-lhes a viver processos específicos que vão e que vêm; você tem uma dor em uma Porta ou em um lugar do corpo que, no dia seguinte, desapareceu. Você tem montes de coisas assim, que vêm confundi-lo da rota comum do tempo. É por pequenos toques, mais ou menos iterativos. Não há um único entre os irmãos e as irmãs da Terra que, aliás, escutam-nos, que nos leem ou não – coloquem as questões ao seu redor, coloquem questões sobre as coisas que nós lhes temos dito, que vocês verificaram por si mesmos, perguntem, por exemplo, a tal ou tal irmão que nada vive, se ele não ouve sons, se ele não sente pressões ao nível da cabeça. Então, ele vai dizer: “eu tenho enxaqueca” ou “eu tenho zumbidos”. Coloquem questões sobre os sonhos das pessoas, sobre o fato de que elas veem coisas invisíveis, ou que não existem para elas. Vocês não são os únicos que têm vivido e seguido processos vibratórios ou de Despertar, isso concerne a todos os humanos da Terra, mesmo aqueles que nada conhecem e ainda de nada fazem ideia.
    Simplesmente, pode-se dizer que, terá havido um pontapé no sacrum, digamos. Eu não disse nos traseiros, hein?, eu disse no sacrum. Algo que abala o equilíbrio estabelecido, qualquer que seja esse equilíbrio – e, no entanto, não é um desequilíbrio, exceto para aqueles que se oporão, é claro, é algo de novo. Eu diria, se eu fosse poeta, que é um fragmento do desconhecido que vem para o conhecido. É, diretamente, oriundo da fusão dos planos, da fusão das dimensões. Se as embarcações de Sírius, que apenas podiam ficar ao redor do Sol há ainda algum tempo, como a Confederação Intergaláctica e a Frota Mariana, se Sereti diz que eles estão em embarcações-mãe, ao redor da Terra, é que há uma razão, não? Eles não estão aí para fazer turismo, eles estão aí para precipitar-se na armadilha da encarnação. "

    ResponderExcluir
  33. " Portanto, não procurem saber o que será vivido porque, mesmo nós, nós não o sabemos. Nós sabemos, simplesmente, que um dos eventos, na cronologia anunciada, produzir-se-á, é uma certeza. Mas mantenham consciente no espírito que, mesmo se fosse um evento de natureza humana, muito grave, no sentido da pessoa, vocês viveriam, dele, a contrapartida, no plano da Luz, como sempre. Então, não se surpreendam. Estejam prontos para serem surpreendidos pelo que se produzirá, mas não o antecipem. O único modo de antecipá-lo é cultivar o que há aí, no meio de seu peito; todo o resto é a agitação mental.
    E, eu repito, não é um dia no qual vocês devam permanecer fechados em sua casa ou proteger-se de não sei o quê. Lembrem-se: Sereti disse para viver o que vocês tinham a viver e, simplesmente, ficarem atentos, mais do que qualquer outro dia, porque vocês sabem que a consciência..., a energia segue a consciência.
    Portanto, se vocês se colocam na vigilância interior específica, o que quer que vocês estejam fazendo como obrigações ou como deveres naquele dia, vocês estarão disponíveis, também, porque o tempo está abolido, se posso dizer, ou, em todo caso, está profundamente anormal.
    Nós sempre dissemos que ninguém conhece a data nem a hora, há, simplesmente, sintomas, da Terra, do céu, de vocês que, efetivamente, mostram que isso aí está, nós aí estamos, vocês e nós, que isso aí está não é mais, unicamente, iminente, como foi dito pouco antes, está em curso. Não em outra dimensão, não nos planos sutis, mas no plano da Terra, portanto, na consciência comum também. É esse mecanismo que é importante a viver, não é a própria natureza do Evento ou dos eventos prováveis, alguns, nesse lapso de tempo, é tudo.
    E lembrem-se de que, mesmo nesses momentos, mesmo no Apelo de Maria, mesmo no aparecimento da segunda Estrela, quanto mais vocês estão ao mais próximo de seu coração, menos há questionamentos, menos há medos, menos há necessidade de preparar o que quer que seja. E vocês são convidados a ir, cada vez mais, ao seu coração, isso foi dito, também, por outros intervenientes. Basicamente, vocês serão confrontados entre o que se nomeia o exterior e o interior; ora, como o exterior e o interior fundem-se também, é o mesmo processo que a fusão do efêmero e do Eterno, do corpo de Existência da Terra – que está em fase de Ascensão – e de seu corpo de Existência, e do corpo físico da Terra e seu corpo físico. E não é mais a atitude interior que é importante, não refletir para saber qual é a natureza do Evento. Nós não podemos ser mais precisos. "

    O.M. AÏVANHOV

    ResponderExcluir
  34. No aqui e agora, comemoramos com alegria 34 anos da chegada, da entrada da Luz neste Sistema Solar... Tudo começou no dia 18 agosto de 1984. Rendo graças por estar encarnado, por estar consciente nos tempos de graça, muita graça.

    ResponderExcluir
  35. No futuro, bem próximo, só existirão três tipos de pessoas: Os Manipuladores, os Manipulados e os Ativistas Combatentes.

    Eu escolho o Retorno ao Lar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felizes são aqueles que ainda enxergam um palmo a sua frente, sem que sejam manipulados a enxergarem algo que não é Real.

      Excluir
    2. RéConstruir que se vende, não é Reconstruir, é simplesmente mudar de uma Ilusão para uma outra. É construir uma Nova Ilusão.

      O Retorno é a volta ao Ponto Primordial, onde a Ilusão do humano nunca existiu.

      Excluir
    3. Cada vez melhor, nessa sua fala, caro Anônimo !!!

      Excluir
    4. Enquanto estiver aqui, escolho ser um Ativista Combatente.

      Excluir
    5. Anônimo das 15:28, certamente que seu combate, ainda mais nestes tempos, serão a serviço da Luz, pois tudo agora se converte nesse sentido, pois já não há alternativa...

      Excluir
    6. .... e aí se encontra uma das inumeras armadilhas onde o ego é capturado.... a Luz nada combate... a Luz apenas se faz presente... quem combate são os que se opõe a Luz .....

      ass: Christian.

      Excluir
    7. Christion, ou você acha que o silêncio e a não reação não é uma forma de Ativismo e Combate da Luz?

      Excluir
    8. 👏👏👏👏

      Excluir
    9. Que diga Mahatma Gandhi.

      Excluir
    10. não jogar o jogo é o melhor posicionamento, mas se o não jogar, não participar, não reagir, for visto pelo ego como um combate, como um ativismo, então já se recai na dualidade, apenas pela intenção colocado no ato..... apensa esteja... apenas seja.... esqueça o termo combater, miliciar, entre outros.... deixem que o combate se faça pelos que se opõe a luz.... eu mesmo cai no erro... de combater.... em sonho , algumas vezes fui "visitado" por seres desagradaveis, reagi e combati os mesmos.... poderia alegar que estava drmindo e sem controle das açoes.... mas o resultado final não vai mudar.... o combate ocorreu.... algumas vezes.... mas aparenetmente já tem um tempo que eles não vêm mais me me conforntar..... enfim.... o que devemos observar é a intenção que se coloca nas ações.....

      ass: Christian.

      Excluir
    11. Acrescento aí Cristo e todos os Intervenientes que passaram pelo site francês. Que nos trouxeram as suas mensagens. Querem maiores Ativistas!?

      Excluir
    12. Prefiro utilizar as palavras do verbo Criador e as palavras do tipo ativista, combatente...; Sem nenhuma dúvida pertence a esse mundo, remete a esse mundo. Mas respeito a sua opinião.

      Excluir