BIDI4 - 03 de Julho de 2018


Áudio Original
Clique aqui para fazer o download do áudio



Nota

Mix1- Texto padrão, do minuto 00:06 a 24:36.
Mix2- Texto padrão, do minuto 24:46 a 41:56.
Mix3- Texto padrão, do minuto 42:00 a 49:41.
____________________________________________________________


Mix1 (em 10/08 às 20h)



Bidi está de volta. E eu lhes saúdo, novamente. Tomemos, antes de tudo, alguns instantes.

... Silêncio...

Então, como vocês fizeram uma grande refeição, há pouco tempo. Desta vez não absorveremos nada, hein! Falaremos. Simplesmente. Agora, eu te escuto.


Caro Bidi, sentada perto de você, anteriormente, o ponto Ki-Ris-Ti manifestou-se muito, sem eu conhecer a razão. Então, grata por isso.

Eh, bem, eu estou agradecido.

...Risos...

Então, eu lhe rendo graças. Mas, no nível vibral, claro. Na sessão precedente. Com tudo que se produziu no nível das centelhas, é normal. E muitas outras coisas.

Evidentemente, a alegria, a absorção das centelhas induzirá, diretamente, inúmeras modificações em seus funcionamentos. É normal. Agora, não se inquietem por isso. Não procurem identificar e explicar o que quer que seja. Mas, de forma exclusiva. Portem sua consciência apenas sobre a alegria que é vivida. Deixem toda a interface. Ela irá se aclarar por si mesma. Sem esforço. Sozinha.

...Silêncio...

Podemos continuar. Não há silêncio aí, hein!

Quem quer tomar a palavra?


Sim. Eu. Há pouco, era questão de ruptura do pericárdio. No plano anatômico, isso não corresponde, mas, talvez, no plano etérico. Você poderia nos dar mais explicações a respeito?

Sim. Eu posso fazê-lo.

...Risos...

A ruptura do pericárdio é, de fato, a ascensão do pericárdio, que libera a câmara cardíaca de sua baixa localização, reposicionando o coração, as veias e todas as estruturas ditas mediastinais, ao mais próximo da porta ER.

A ascensão do coração, que já foi descrita, há alguns meses, continua e toca, doravante, a estrutura nomeada – o pericárdio. Eu lhe lembro, por exemplo, tanto no ayurveda como na medicina chinesa, o envelope do coração está relacionado ao equilíbrio da energia e dos sentidos.

E, como vocês têm um envelope em volta dos órgãos genitais – descrito, segundo os chineses, e também, no ayurveda. Que são os o lugares da regulação essencial do fluxo de energia, de informação, de luz. Mas, também, de vitalidade.

E como vocês sabem, em sintonia, por exemplo. Criou-se aí uma ligação entre o sacro, ou seja, o envelope do útero – como o chamamos, e o envelope do coração. O que permite uma liberação do pericárdio. Quer dizer que, o mestre do coração – como se diz na medicina chinesa, não pode mais controlar o coração.

O coração se torna autônomo. Não há mais necessidade de ser envolto, confinado. Esse processo passa por uma abertura precisa do pericárdio. Que permite ao coração, deslizar para a parte superior do mediastino.

Esse processo de ascensão do coração é equivalente, não no plano orgânico, mas etérico vivido há muitos anos, e que foi nomeado: a coroa ascensional. Simplesmente, a relação que se produziu entre o corpo de eternidade e o corpo etérico toca, doravante, a estrutura física real.

Então, se a palavra não corresponde a uma definição anatômica eu lhe proponho chamar de ruptura do envelope do coração, porque é uma ruptura real.

Essa ruptura não é um ato traumático, mas um ato de liberdade do coração que desvela, justamente, o que está atrás do coração, que chamamos: a gota vermelha e a gota branca, tanto os tibetanos, como entre os hindus. E cria a relação, além do causal, da gota branca e da gota vermelha. Ou seja, a porta AL para a gota vermelha e a porta Unidade para a gota branca, que estão situadas em dois átomos germes, atrás do coração. Que foram mascaradas. E que, pelo mecanismo da ascensão, rotação do coração, desvelam-se e dão acesso à totalidade do espírito. Através desse corpo.

O pericárdio não se torna mais um órgão em sua função conhecida e reconhecida, mas torna-se algo que permite ao coração, escapar à influência do mestre do coração. E, portanto, da ligação da alma, se ela ainda existe, no nível do coração, permitindo revelar o espírito. Tudo isso no nível do ponto central, que é nomeado a porta ER.

E isso também se soma ao trabalho que foi realizado, num primeiro momento da nova Eucaristia, no nível do corpo físico, depois de muitos meses da ressurreição, por ligação, conectar o centro do coração, a porta AL, a porta UNIDADE, com a porta ER e o centro do triângulo.

Agora, tudo se encontra sobre a mesma linha. Evidentemente o coração não pode estar sobre uma linha, mas a parte mais posterior do coração encontra-se em ressonância direta, nesse mundo, através da presença da respiração do coração em sua nova forma tri-unitária, que permite alinhar a alma, o espírito e a irradiação de quem vocês são. 

Aqui, sobre esse plano que era nomeado, na época, o nono corpo, ou porta ER. Ou seja, a irradiação da fonte ou do divino. Vocês irradiam, agora, a luz pura. Por seus sentidos, pela irradiação, pelos olhos, pelas palavras. Mas pelo coração, diretamente.

O coração não está mais separado do espírito. Ele não está mais separado da fonte de seu coração de eternidade. Ele funciona de forma conjunta e simultânea. Aliás, o ritmo cardíaco, se vocês o tomam pelo pulso, nesses momentos, aí, vocês perceberão que ele não está mais na normalidade conhecida.

Então, esse processo que se vive. Agora. Coletivamente. É o realinhamento do coração físico, como de eternidade, sob a impulsão da vontade divina. Quer dizer. Tudo que irá emanar de vocês, naturalmente, pela reabsorção e pelo acolhimento, gerará um campo unificado partindo de seu peito. Esse campo não é mais alternante, ligado à contração do coração – sístole e diástole. Mas é ligado à presença permanente do coração físico e de eternidade. Que está ativo pelas palavras, pelo olhar e pela emanação espontânea.

É essa alquimia final que vocês realizam. Através do que nós estivemos falando por duas horas. Nós poderíamos entrar, ainda, em um pouco mais de detalhes. Trata-se de uma estrutura particular, que foi descrita há muitos e muitos anos, por Sri Aurobindo, concernente à junção entre KI-RIS-TI, o centro do chacra do coração e a porta ER. O famoso triângulo do qual ele falou, que, hoje, evidentemente, está modificado. Pois existe uma linha horizontal acima do coração, que emana, nesse plano da terceira dimensão. Mas, ao mesmo tempo, sobre todos os outros planos.

De forma prática, isso quer dizer que, seus pensamentos, seus atos, suas ações, seus olhares, suas palavras, suas posturas, seus comportamentos, ligam, doravante, todos os níveis do ser e todos os níveis multidimensionais do ser. A fim de solucioná-los, justamente, aqui mesmo, sobre a Terra.

É isso, o que eu nomearia – a ressurreição coletiva, que induz o evento. Tudo está no lugar. E estará, cada vez mais no lugar, após os três encontros que vocês têm e que já iniciaram. Mas, desde já, é claro, isso se realiza para muitos dentre vocês, por si só. Porque é o momento. E isso corresponde, também, vocês podem supor, a mecanismos astronômicos. Nesse sistema solar e fora do sistema solar, que são extremamente precisos.

O que está no alto é como o que está abaixo. E isso se desenrola de forma simultânea, na carne de cada um, sobre o plano da Terra, sobre o plano da consciência e no nível intergaláctico.

Além disso, vocês constatarão. E eu lhes peço para não se interessarem muito, nesse processo de alegria. Vocês verão e constatarão que, as presenças invisíveis se tornam cada vez mais presentes. E que, em alguns casos, essa visão real, assume sobre o plano físico, orgânico.

Isso quer dizer, também, que sem qualquer visão, dita espiritual, sua simples visão retiniana, concreta e realmente, modifica-se. Quer dizer que vocês portam, nessa estrutura carbonada, dissociada, não apenas todos os universos, mas todas as dimensões no interior do coração. Mas isso começa a se traduzir, também, em seu campo de energia, que emana espontaneamente de vocês.

O processo que descrevemos durante duas horas – que ABBA falou, e que o acólito falou também, se põe em ação na carne. E quando eu lhes digo que vocês podem fazê-lo, espontaneamente, sem estarem deitados, unicamente pelo olhar ou pelas palavras. Vocês verão bem, que é a estrita verdade. Mas, para que isso se faça através de seus olhos de carne ou suas palavras, é preciso que o verbo se instale. Isso foi feito. Mas é preciso, também, que o olhar ligado ao coração esteja ativo. É o caso, doravante, para alguns.

E, a partir de terça-feira, no terceiro encontro. E, mesmo desde o primeiro, para outros. Vocês constatarão que esse processo não pode mais ser detido. Todo o olhar que vocês portarão para o exterior colocará o fogo, colocará o amor, colocará a alegria. E vocês não terão mais necessidade de sair de seus corpos e de viajar ao redor da Terra ou nas dimensões. Vocês o farão a partir dessa carne, da forma mais natural. E isso, todos constatarão.

Vocês não estão mais, somente em um despertar do que deveria ser despertado, como nos meses de maio e junho. Vocês estão na implantação, em que, mesmo seus sentidos, eles próprios, se tornam místicos, se posso dizer. Vocês sentirão, quando absorverem as essências.

Não à toa, que isso foi nomeado essência, mais que centelha, mesmo que seja centelha divina. É que ela tem um perfume. É real. Seus olhos verão. Seus olhos de carne verão, sem voltar-se para o interior, nem para a visão do coração, nem para a visão etérica, nem para outra visão, mas através de sua carne.

Seus olhares serão portadores do fogo e da água. Igualmente, para todos os seus sentidos. E, efetivamente, quando tudo se revelar, assim, com tal intensidade. É claro que isso irá lhes ajudar a não serem mais tributários da menor ilusão desse mundo.

Porque, como foi dito por ABBA. O sonho se torna realidade. O que era invisível se torna visível e põe fim ao visível habitual. A essência, ela mesma, seus cinco sentidos, os mais comuns, se transformará a toda velocidade. Então, agora, a transformação se produz em todos os níveis de seus corpos físicos. E vocês são obrigados a constatar, não apenas em relação às necessidades, sobre as quais já falamos, mas na constituição mesma de seus corpos. E tudo isso. Toda essa revelação do invisível através da carne irá, também, participar do momento coletivo. Claro. E não pode ser diferente.

Agora, se você não ama a palavra ruptura, você pode chamar também de abertura do envelope do coração. O coração não tem mais necessidade de um invólucro. E eu lhes lembro, além disso, para os que estão interessados por isso, que, por exemplo, esses que vocês nomeiam os povos de terceira dimensão unificada – os vegalianos, e outros, como os arturianos, não têm quatro cavidades cardíacas, mas seis. Na terceira dimensão unificada, eu digo.

Bom, isso é um detalhe, porque tudo isso irá desaparecer. Mas ao menos, isso lhes prova que, mesmo aqui, nessa 3D dissociada, que não porta mais que o nome, já que vocês vivem todas as outras dimensões, e vocês vivem o absoluto, e vocês vivem o tudo e o nada, e a alegria. E é isso! Não é apenas a ação dos elementos. É tudo o que vocês têm feito. É isso que põe fim à ilusão, de maneira coletiva.

Então, fale da abertura do invólucro do coração. Isso corresponde mais à verdade.


Relaxamento da tensão.

Como?


Relaxamento da tensão.

Também, também.  É isso que permite ao coração, justamente, não ser atraído para o ego, como é o caso depois de milhares de anos, após cinquenta mil anos. Mas, para serem liberados da influência do ego, vocês ativaram os diversos fluxos vibrais. Eu não vou retornar a isso. Vocês passaram pela porta estreita do ego ao coração. Vocês começaram a absorver pessoas, dando-se bem, muitas vezes, mesmo via plexo solar.

Mas agora, tudo se passa no coração do coração. E vocês constatarão que o coração do coração não está, realmente, ao centro do chacra do coração. Ele está em algum lugar, entre o centro do chacra do coração e a ponta do esterno, sobre o ângulo do esterno, no nível da porta ER. E que, nos momentos de alegria, de absorção, vocês irão sentir, realmente, essa elevação do órgão cardíaco até esse ponto.

E é quando vocês estão aí, quando o coração se uniu à porta ER, que vocês sentem e vivem a alegria. Mas como eu digo: “Viva-o!”. Eu lhes dou explicações, mas elas não são de qualquer utilidade. Pelo contrário. Não se espantem, após sentirem coisas profundamente diferentes em seus corpos, em todos os níveis. No nível de seus sentidos, eu o digo. Essa alquimia, ela é orgânica. Ela se passa na carne; no DNA.

E, ademais, não se esqueçam de que, quando vocês conectam e absorvem uma centelha divina. Que, entreparênteses. Está ligada, claro, ao que vocês conheceram anteriormente, que chamamos as linhas e as origens estelares. Do instante em que vocês conectarem um espírito, não é apenas um espírito que vocês absorverão.

É por isso que lhes peço para realizar a gastronomia de um único, ou dois, ou três, antes de irem para noções mais amplas. Porque, ao tocar uma centelha, imagine que seja um irmão ou uma irmã que é de uma origem estelar, digamos, andromedana. Vocês irão despertar tudo que esteja ligado ao andromedano, e não somente aquele que absorveram, mas por toda a Terra. Porque é um campo de ressonância, um campo mórfico.

Isso quer dizer que, a partir de hoje e da próxima semana, vocês se encontrarão com todas as dimensões presentes sobre a Terra. Não apenas em vocês, mas também, por toda parte. É isso que põe fim ao sonho. E é isso que precipita o evento coletivo. Ainda uma vez mais, aí, também, como já foi dito. Isso não depende que de vocês.

Mas não se apressem. O que eu quero dizer com isso, é que temos todo o tempo. Eu tinha dito que havia urgência, mas nesse processo, ele é extremamente fino, extremamente preciso. Vocês não têm que se preocupar com isso. Respeitem as duas, ou três instruções, ou a dezena de instruções que eu lhes dei. E tudo se passará às mil maravilhas. Absolutamente tudo, para todo o mundo, sem exceção.

Eu não lhes peço pra acreditar em mim, mas vivê-lo. E se vocês não o vivem hoje, ou mesmo, ao final dos três dias, não concebam qualquer amargura. Porque vocês o viverão muito rapidamente. Quando vocês absorvem uma centelha divina, como eu lhes digo, vocês despertam um campo particular. Mas, também, atualizam na matéria, todas as partes que eram invisíveis. Mesmo que as tenham percebido, à época, através dos triângulos e as linhas que se apresentaram a vocês. Mas elas estão e estarão cada vez mais ativas sobre esse mundo. Fazendo-lhes mudar, real e concretamente, de realidade. Que lhes permitirá trabalhar, após o evento coletivo, a finalização. Onde quer que vocês estejam. Desta vez, não a ressurreição, mas o evento final.

As descobertas, da mesma maneira que nos meses de maio e junho, entre o final de abril e começo de maio até meados de junho, transpuseram bem mais que uma etapa. Vocês verão, pois irão vivê-lo. E alguns já o vivem. E isso irá desenvolver-se e amplificar-se. Vocês não têm necessidade de nada mais. Lembrem-se de estar o máximo possível na alegria. Não uma alegria simulada. Pois, mesmo seus sentidos, seus olhos, o olhar, o sorrir, as palavras, o verbo, a escuta, o acolhimento do que está aí, em silêncio, transmutará a todos que estão aí. Desta vez, na carne, no plano o mais denso. 

É efetivamente, ao mesmo tempo, a finalidade e a finalização. E tudo está previsto. Não há nada a fazer, enquanto esforço. Se isso não está preciso, nas primeiras vezes em que realizarem essa absorção de essência. A seguir, tudo se fará automaticamente. Eu acabei de dizer. Pelos olhos, pela escuta, pelas palavras. O que quer que vocês façam. E naturalmente. Não haverá mais esforços a realizar.

Outra questão.


____________________________________________________________



Mix2 (em 14/08 às 10h)




É maravilhoso. Nós estávamos esperando por isso.

A preparação foi longa, hein?


Sim.

Mas, é isso. Vocês sabem que haveria. Como vocês dizem. Se o plano A não funcionasse, haveria um plano B. Se não fosse o plano B, seria o plano C. Mas era inevitável, simplesmente. Como foi dito. O tempo que foi tomado permitiu refinar e precisar a beleza do que se revela. Qualquer que seja a desordem do mundo. Qualquer que seja a sua saúde. Quaisquer que sejam suas negações ou seus problemas. Isso não tem mais qualquer espécie de importância. Se vocês podem estar, facilmente, sem esforço, na alegria. Tudo irá se desenrolar em uma leveza e uma alegria total. E nas melhores circunstâncias possíveis para cada um. Qualquer que seja a idade. Quaisquer que sejam as circunstâncias.
Então, podemos dizer que vocês trabalharam extremamente bem.


Poderíamos falar de uma célula?

O que isso quer dizer?


Para mim, a finalização é uma célula.

Mas uma célula, após ser vista, desaparece. É isso, se quiserem. Sim. Ter a prova absoluta de que não há que uma consciência ou uma célula, se você quer. E essa tomada de consciência pela visão. A experiência das outras dimensões nesse corpo de carne. É a prova indelével. Para todo mundo.

E se, contudo, os eventos particulares que se produzirem, os impeçam de comunicar-se diretamente, não se esqueçam de que, nesse momento, aí, vocês são telepáticos. Vocês não têm necessidade de ferramentas. Isso também aparece.

Então, quaisquer que sejam os elementos que possam parecer negativos, para a vida nesse mundo. Não serão mais obstáculos. Absolutamente. E a estase que será vivida, se passará da forma mais harmoniosa possível. 

E é, justamente, a atualização e a finalização desse plano. Qualquer que seja sua lentidão, ela permitiu refinar, isso já lhes foi explicado, de realizar as condições ótimas, as mais agradáveis. Não poderia ser melhor. Isso foi dito. Por amor. O amor toma tudo e o quer inteiro. A alegria também. Ela é o marcador desse amor.

E nesse estado de alegria individual e coletivo, vocês constatarão que tudo que estava, ainda, ferido, nas relações interpessoais, nas animosidades e mesmo nos grupos ditos espirituais, vão necessariamente desaparecer.

Aquele que está na alegria não tem nada a discutir. Ele não tem qualquer ponto de vista a defender. Ele está de tal forma na evidência. O que vocês querem que ele lute contra? Quem quer seja, ou o que quer que seja? E aí, vocês permanecerão cada vez mais tranquilos. Cada vez mais alinhados. Em harmonia. É o desenvolvimento, o mais perfeito, da inteligência da luz. Antes de tudo fechar.

Vocês escreveram um cenário final. Que é e que foi, e que será espetacular. Eu não posso lhes dizer melhor. E quando isso começar a transparecer e aparecer mesmo para aqueles irmãos e irmãs que, hoje, ainda estão em oposição, vocês verão a reviravolta, as inversões e as mudanças. Desta vez, espontâneas. Não há nada a forçar.

Podemos continuar.


Podemos absorver diversas vezes a mesma centelha divina?

Sim. Da mesma maneira que vocês absorveram diversas vezes, os grupos, os sistemas solares, os arcontes, os anjos, os arcanjos. Uma vez que vocês tenham se habituado a degustar. Vocês podem reabsorver a mesma pessoa, pois eu disse que mesmo seus olhares e suas palavras desencadearão isso. Mesmo que não o queiram. Vocês verão. Vocês darão um passeio pela rua e seu olhar irá se colocar sobre qualquer um e, sem compreender porque, o outro está finalizado e liberado. Vocês não dispensaram qualquer atenção. Apenas olharam. É mágico. Isso era impensável, mesmo após 14 de dezembro e o início do ano.
É bem mais, eu diria, que o juramento e a promessa. Para esses que o atravessaram. Vocês já vivem todas essas outras dimensões. Aqui. Através desse corpo de carne. Não para aí permanecer. Mas para atravessar, também. E isso se faz sobre a Terra. E não depois.

... Silêncio...

Quem quer se exprimir?


O nosso olhar, através das telas, quaisquer que sejam, terá o mesmo efeito ?

Sim. A matriz binária da web, como vocês dizem, está contaminada pelo Cristo, pela consciência crística. Todos os inconvenientes aos quais vocês estavam sujeitos a serem enganados pelos circuitos, anteriormente, hoje, estão varridos. E é, aliás, uma ferramenta multiplicadora. Portanto é válida.

Mas eu creio que todos os governantes do planeta decidiram votar leis extremamente severas. Porque eles se aperceberam de que, efetivamente, vocês passariam por aí. Em todo caso, eles não são tolos. Mas no tempo em que estiver disponível, bastará estarem conectados na internet, digitando sobre um teclado, para que os outros o vivam. A tela não é mais uma tela. Isso lhes foi dito. Mesmo a besta binária, tecnológica, foi abatida.

Vocês não se arriscam nem de se perder, nem de se enganar. E é, também, a forma, por um lado, de lhes reunir, de raciocinar juntos e de passar essa informação. Não pelos discursos, mas simplesmente, ao olhar a tela, também. Vocês veem? É melhor que Star Wars!

... Risos...

De fato, não há outro filme mais verdadeiro que esse. Mas é o sonho absoluto. Isso que lhes divide, confinam e privam das relações, ditas, sociais e humanas, está servindo-lhes para desdobrar isso.

Então, não tenham qualquer escrúpulo enquanto tiverem essa ferramenta. Pelo contrário. É o mesmo para um telefone. É o mesmo para o olhar, na rua, de uma criança ou de não importa quem. Vocês verão o nível de propagação.


Eu vou partilhar...

Como?


Eu gostaria de partilhar uma coisa a esse respeito. Em 2012, eu entrei na internet, com meu espírito. E, em um dado momento, o computador prosseguiu por si mesmo. E eu vi milhares de rostos que se apresentaram a mim. E era como se eu já lhes absorvesse, já à época de 2012.

Na época de 2012 era sobre o plano energético. Vibral, se você quiser. Mas aí, é sobre o plano concreto. Imediato. Vocês se servem das redes, dos eletrônicos, da informática. Que é a besta binária. Vocês passam através dela, agora, totalmente. Mas a eficácia não está mais na energia ou na vibração; ela está diretamente sobre a carne, sobre a matéria.

Vocês devem ter constatado que há inumeráveis problemas eletrônicos, por ora. Em todos os níveis. Mas, uma vez que a carga elétrica do conjunto do planeta será ativada, isso funcionará ainda melhor. O tempo que vocês puderem. Mas aproveitem esse lapso de tempo, não para se perder. Mas para multiplicar sua ação. Eu lhes digo. Esse foi o caso, com o trabalho de ABBA, para as canções, para as imagens. Agora, é o caso para o verbo, o olhar que vocês portam sobre a tela, sobre uma foto, sobre um nome. Será eficaz, de imediato. Não é um sonho. É real.

Mas se vocês têm, também, a possibilidade de estar a passeio ou o que quer que seja, isso também terá um efeito multiplicador. Eu lhes lembro de que vocês têm as linhas, que estão presentes sobre a Terra e que já foram ativadas há alguns anos. Que são as autoestradas da luz. Que ligam as vilas dos Elfos, por exemplo. Vocês podem utilizá-las, também. E pelo pensamento. E difundir a informação: alegria, ressurreição coletiva. Da mesma maneira.

De qualquer forma, o que quer que vocês façam. Vocês não podem, senão nutrir isso. Para outros, eles preferirão, certamente, ficar tranquilos em suas camas, não ver ninguém e fazer o mesmo trabalho. Outros estarão nas telas. Outros se porão a vigiar o céu. Outros terão a necessidade de encontrar fisicamente os irmãos e irmãs. Não se privem de nada. Mas escolham o que para vocês, é o mais agradável, o mais eficaz, o mais rápido e o mais alegre.

... Silêncio...

Há mesmo, já, os que dentre vocês que, ao ver uma foto de um irmão ou de uma irmã, sentem o perfume. Então eles estão ligados à essência apenas pelo olhar, através de uma imagem construída na internet. É real. Informem-se. A seguir, vocês se colocarão por si mesmos, no lugar que, para vocês é o mais alegre. Quer seja sua cama, passear entre os povos da natureza. Vocês passeiam por certas vilas, para cruzar olhares. E outros serão através das telas. Mas a eficácia, ela não é nem astral, nem da energia que passa. Doravante, é material.
O que foi censurado, como dizia, àquela época, Irmão K, sobre a noção de imagem, sobre a noção de tela em que o alerta era importante naquela época, não tem mais razão de ser. Vocês são totalmente livres.

E a liberdade pode dar medo, no início. Porque ela é tão potencial. Todas as portas estão abertas. Que tudo é possível.

Mas o mais importante é a alegria e o amor. Isso não mudará. Mas vocês não têm mais necessidade de conceitos. Vocês precisam dessa ação por vocês. E vocês se demonstram, assim, que o outro é mais importante que vocês. E que é assim que vocês realizam a verdadeira unidade.

Vocês não precisam conhecer as histórias, as problemáticas. Vocês atravessam tudo isso, doravante. É isso que é mágico. No bom sentido do termo.

Continuem, hein. Vocês podem interromper. Falar permanentemente.



____________________________________________________________




Mix3 (em 14/08 às 21h)




Por exemplo, eu me encontro em meio a uma multidão de dez mil pessoas. Simplesmente minha presença é suficiente? Eu não preciso absorver o espírito de dez mil pessoas, em consciência?

Absolutamente. Vocês têm a mesma coisa, diariamente, com os políticos, com as estrelas, com os cantores. Eles fazem isso. Exceto que aí, se você está em meio a milhares, não é necessário que olhem para você. É você que olha.

E vocês têm a mesma ação. Não de ser uma estrela ou de ser adorado. Mas de ressurreição.

Vocês não terão, mesmo, a necessidade de se colocar a questão de qualquer intenção. Isso se fará, eu o disse, automaticamente.

Não pode haver aí, elemento tão eficaz, tão contundente, que esse. E quando eu digo que isso se fará, espontaneamente, no processo da gastronomia. Sim. Para a inicialização, para por em prática. A seguir, eu disse bem, que isso passaria, simplesmente, pela presença, pelo olhar ou pelas palavras, ou as telas. Todas as circunstâncias são boas. Mas, aí, não haverá nem esforço a fazer. Vocês não têm mesmo, mais necessidade de intenção prévia. O amor e a alegria sairão de vocês por todo lugar. Vocês não precisarão ser palhaços para atrair a atenção. Apenas estarem aí.  E estejam certos de que, aí, nesse momento, a multiplicação e a amplificação da ressurreição não poderá mais passar despercebida.

Continuem.


Por exemplo, eu olho o globo terrestre e visualizo todos os habitantes do planeta, sobre a Terra. Isso se fará, igualmente?

Não. Eu disse que isso não serve para nada. Eu o repito. Não vão entrar nas visualizações. Vocês têm ocasiões suficientes que virão através de seus olhos, suas telas, seus encontros, onde quer que sejam.

Vocês não têm necessidade de visualizar como era, no caso das pessoas, ou de viajar. Parem isso. Vocês serão menos eficazes para a alegria dessa forma, do que quando vocês se dirigem para o olhar de uma criança. Isso era válido para as pessoas, para os grupos, para o conjunto do planeta, Nibiru, para o que quisessem. Mas, aí, estamos atravessando todos esses aspectos formais para irmos à essência. E eu repito e já repeti que, uma essência corresponde a milhões de essências. Então, não tornem isso complexo. Vocês têm seus olhos. Vocês têm suas línguas. Vocês têm seu acolhimento. Isso basta. E fulminar, se vocês estão sobre o teclado. Isso basta.

Por que vocês querem complicar a coisa? Enquanto ela está simplificada ao extremo.

Sejam diretos naquilo que vocês veem, tocam e veem através de uma tela. Mas não vão visualizar.


Uma intervenção. Caro Bidi, você nos falou das telas dos computadores. O que é feito das telas de televisão?

Mas isso não tem nada a ver. Porque quando vocês estão diante de uma tela, vocês não podem agir sobre a tela. É uma emissão voltada para vocês. Isso não pode que lhes adormecer. Isso não mudou. Eu falei de todas as telas. Eu falei, claramente, da internet. E não das imagens que lhes forçam a engolir. E que são cada vez mais traumatizantes. E que são feitas apenas para lhes adormecer.
As próprias frequências emitidas pelas torres de televisão são calculadas para adormecê-los. Não é possível, hoje, sobre uma tela de informática, ou mesmo de seus telefones com as imagens. Mas com a TV, vocês são passivos. Aí, são os outros que lhes enviam as ondas.

Os maus rapazes, como foram apelidados, vocês não têm qualquer meio de agir sobre o que veem na TV. Eu falo, exatamente, de uma tela em que há uma espécie de ligação que se faz através dos circuitos. Mas não uma ligação unidirecional, essa da TV, mas de ligações que funcionem nos dois sentidos.  Vocês têm muito mais chance de viver essa alegria ao absorver o retrato de alguém, a imagem publicitária sobre o papel, que pela TV.

Vocês têm ocasiões suficientes, qualquer que seja a sua vida, em seu ambiente natural para vivê-lo. E claro, se você fica muitas horas em frente à TV, você se arrisca mais a adormecer. Sobretudo, agora. Eu falo da TV, das emissões em que as pessoas lhes emitem coisas. Para um filme é um pouco diferente, mas vocês também não têm ação. Eu defini claramente o quadro em relação à internet.


Uma especificação. Eu lhe agradeço por essa precisão.

Ela é fundamental. Vocês irão se aperceber sozinhos como, em grande parte. Eu não posso dar-lhes todas as regras. Mas vocês irão compreender, rapidamente, o que os coloca na alegria e o que não os coloca na alegria, ou que os afasta da alegria, sem colocá-los na raiva. Mas vocês sentirão, claramente, os momentos em que a alegria parece afastar-se. Isso será intolerável. Quanto mais vocês estiverem acostumados a essa alegria, menos vocês poderão deixá-la.


Nós temos, ainda, uma questão.
Continuem. E não hesitem.

A pessoa se aproxima...




***
  

Tradutora: Célia Leal
(Tradução baseada apenas no áudio)


____________________________________________________________




Mix4 (em andamento)


49:48 - é um testemunho, na verdade vivido há dois dias
49:53 - é um testemunho de uma experiência vivida de
49:56 - dois dias atrás
49:57 - então eu não estou acostumado a vir
50:00 - é a primeira vez que venho
50:01 - eu insisto viver, esta é a primeira
50:03 - vez que ela vê você vive
50:08 - ela recebeu um deleite do gala acólito desta
50:11 - noite, eu recebi um cuidado com o acólito há
50:14 - duas noites, eu não perguntei
50:16 - para dizer a verdade, que eu não tinha
50:18 - perguntou realmente, me perguntaram sobre
50:22 - minha cama, quando realmente se juntou, ele tem
50:25 - citou uma mulher na alegria, que ele conseguiu neste
50:28 -ano, eu estava sentado na minha cama quando
50:30 - essa alegria, que ele realmente era hilariante
50:33 - depositado em mim e, em seguida, a polícia éstá
50:36 - presente e por isso já era um pouco
50:38 - estranho e, em seguida, a colina ter se
50:40 - apresentado, é um pouco estranho para mim
50:42 - e eu não parei de me repetir
50:45 - comer, eu estou mentindo apenas para você, eu não
50:48 - parou de repeti-lo eu como você, eu te digo
50:50 - eu como você, não tem nenhuma
50:53 - não é surpreendente para mim e foi um
50:55 - surpresa para mim, me foi dito
50:57 - agora, realmente você é
50:59 - realmente louco de frente, a partir do dia 13
51:02 - que vergonha
51:03 - além disso, ele está mais preocupado
51:05 - porque eles estavam com mais fome
51:06 - bom, eu como sozinho, na verdade
51:10 - eu achei isso muito digestível
51:11 - na verdade eu achei muito
51:13 - a digerir e então eu fiquei profundamente
51:16 - adormecido e então eu fiquei profundamente
51:18 - adormecido e acordado cancanthibault e
51:21 - vamos para a cama e acordamos como um
51:24 - companheiro que veio neste pôr do sol e eu fiz
51:27 - isso poderia lhe explicar o que sempre os
51:29 - jumentos, mesmo que eu estivesse no meio
51:30 - do sono, eu só poderia explicar para ele
51:32 - o que eu tinha vivido, embora estivesse no
51:34 - meio sono
51:35 - no final, ele respondeu
51:37 - realmente, para resumir seus termos de uma garota
51:40 - com a gente, o que ele me disse
51:44 - eu sou uma garota que eu alugo zurichers
51:50 - blizzard está sempre no centro das atenções
51:56 - mas eu gosto de arles estamos em
51:59 – meio a um sono e eu tinha como papel
52:01 - no retorno uma grande perda de gordura do
52:04 - período de rua, a pessoa de euro
52:08 - euros físicos sem uma testemunha, pelo menos o meu
52:13 - quem apareceu biothomas
52:17 - pessoas que estavam batendo e então eu tenho
52:19 - lembrança de ter me dito para lhe dizer,
52:21 - vai dormir com emmanuel ouvindo
52:25 - dedicado ao seu companheiro, ao mesmo tempo, você vai
52:27 - dormir com outra pessoa
52:33 - mas tudo isso em meio ao sono é
52:36 - sempre ruim, mas classificando ao meio
52:39 - dormir sempre e sempre na
52:40 - mesma alegria que ele tem e eu fui lá
52:44 - na qualidade da paz das famílias
52:50 - o tiro adormecido tão rápido e muito
52:52 - profundamente e voltei a dormir
52:55 - tão rápido quanto é profundamente e
52:58 - no dia seguinte discutimos com ele
52:59 - me disse que ele me tratou
53:00 - estranho, porque quando ele chegou em casa
53:02 - na sala, eu falo uma língua
53:04 - estranha, mas eu lembro
53:07 - no dia seguinte, o companheiro justifica
53:10 - que ele a tratou como uma menina em casa
53:12 - porque ela falava em um idioma
53:14 - estranho e eu me lembro dela
53:17 - não me lembro muito
53:19 - aqui eu faço parte dos carismas
53:22 - foi escrito nas escrituras sagradas
53:25 - sim, eu só queria testemunhar isso
53:27 - porque é necessariamente a primeira
53:29 - vez que eu venho e eu não tive
53:31 - pedir este cuidado, eu só queria testemunhar
53:34 - por causa disso
53:36 - mas não precisa perguntar, agora
53:38 - desde que eu estava disponível para as pessoas que são
53:40 - afetadas
53:40 - mesmo que atue na pessoa, o que eu
53:44 - queria dizer, que essa alegria que me
53:46 - aparece onde parece que  a alegria espontânea de contato
53:49 - e se gerenciá-las e se não o fizer
53:55 - pode que faísca dê algum tipo, como
53:57 - dizer, e em seguida vê como endêmicas
54:00 - ela só está dizendo que tinha experimentado
54:03 - uma alegria ela cie a parada espontânea
54:05 - ela acha que necessariamente não pode ser
54:08 - pandemia comunicativa é tudo ap
54:13 - viu você começar a ler tudo
54:15 - sozinho sem ter as explicações
54:20 - antes e que era importante e
54:25 - todos os meses, depois eu penso
54:27 - na verdade que é horrivelmente simples
54:29 - e eu especifico o mês que no sua
54:31 - sessão anterior, esta mesma pessoa
54:34 - deu uma risadinha no início do sua
54:36 - intervenção, é que isso cria uma risada
54:38 - no fundo da sala, talvez você não
54:40 - tenha notado
54:42 - eu sou muito, o que você foi
54:44 - na época em que eu era um notebook
54:45 - não havia muitos kirié 1
54:50 - parecia muito para eles
54:51 - wattin com qualquer hora da história
54:55 - quando o ritual de sua religião, mas
54:59 - hoje está tudo aberto
55:02 - o que mais você quer fazer?
55:05 - para ser, ele tem, e eu agradeço a você,
55:12 - isso é um testemunho muito bonito
55:15 - veja, ao contrário de alguns meses atrás você
55:19 - não precisa de autorização
55:21 - quando você olha para as pessoas nas
55:23 - ruas você não está pedindo permissão de
55:25 - vê-los, você quer assistir e lá
55:29 - o que vai acontecer nesse olhar
55:30 - não fede nada, para ver que você está realmente
55:39 - voltado ao coração e no andar térreo
55:45 - neste processo místico coletivo da
55:49 - ressurreição e tudo o que está acontecendo
55:58 - que como o pai disse
56:00 - o comandante com os chifres
56:01 - tudo o que eles fazem, isso se torna visível
56:10 - você não imagina agora o
56:15 - poder do riso
56:16 - o poder da alegria e poder
56:18 - do amor, nunca foi assim antes
56:23 - você vai ter uma testemunhos
56:25 - muitos  outros
56:32 - você tem alguma coisa para adicionar, como
56:33 - as consequências, nos dois dias depois
56:37 - é uma multidão que subsistiu o mesmo
56:42 - se por um momento ela sai para desaparecer lá
56:44 - apenas repensar e eu contatá-la
56:46 - imediatamente, mas esta alegria permanece
56:48 - mesmo que pareça desaparecer
56:51 - isso apenas reconecta
56:52 - reaparece é exatamente hermange o
56:55 - mesmo, e você estará ainda mais na alegria
56:57 - então eu sinto como se estivesse
56:59 - hilário o dia todo, na verdade, eu
57:02 - tenha a impressão de ser hilariante
57:03 - o dia todo,  realmente
57:05 - finalmente, ele tem a alegria do mundo, mas de
57:10 - de qualquer maneira, não há palavras para
57:11 - expressar isso de fato e eu estou
57:14 - a me expressar como eu posso, mas é
57:17 - difícil expressar
57:18 - é uma hilaridade interior, não é
57:20 - de exuberância e interiores ou uma
57:24 - hilaridade belga, é uma boa história
57:42 - mas eu agradeço pelo que você disse
57:45 - isto é muito, mas você sabe que eu acho
57:49 - que eu tenho comido bilhões de vezes
57:50 - já por dois meses
57:52 - e, claro, todas as pessoas que
57:55 - comi, que come o acôlito, eles estão
57:57 - surpresos com o riso
57:59 - como você quer que seja diferente
58:00 - caso contrário, não há nada sério sobre tudo
58:04 - isso é apenas amor e leveza
58:15 - então não há dúvida
58:17 - ao contrário de antes, onde há dois meses
58:20 - onde há um mês, para comer tudo o que é
58:23 - a questão de comer bem é tudo e
58:25 - sozinho e você pode reproduzi-lo porque
58:27 - essa contaminação
58:28 - ela não está se aproximando
58:30 - como um vírus ou bactéria, fica
58:33 - feita desta vez, eu lhes digo, diretamente
58:35 - por um campo de consciência e até mesmo
58:40 - você pode comer mil vezes o mesmo
58:42 - ninguém, se isso faz de você o maior
58:44 - bem
58:45 - porque através dessa pessoa, pela
58:48 - ressonância de faíscas você vai
58:50 - acordar ao mesmo tempo, tudo o que está
58:53 - ligado a esta faísca, por afinidades
58:55 - mesmo que uma faísca
58:57 - eu lembro você, que inicialmente havia
58:59 - fragmentação de dimensões, para que você
59:03 - pudesse tocar um irmão, por exemplo, lá
59:05 - na origem estelar, tem sido dito, andromeda
59:07 - do véu tahir todos os que alteraram
59:10 - rohe morrer é terrivelmente simples
59:18 - não precisava comer tudo, mas
59:21 - comer bem, e se é um prato que
59:25 - você goste de comer
59:29 - porque cada vez  através da
59:33 - mente e  fusão de faíscas, que você vai
59:37 - tocar todas as linhas e a quem
59:40 - corresponde en centenas de
59:43 - milhões de pessoas a cada vez e
59:48 - é assim mesmo
59:50 - como acontece
59:51 - você não está mais no sonho
59:53 - de individualidades onde há o sonho da forma
59:57 - você está bem depois do mundo causal
60:01 - você está diretamente na ação pelo
60:04 - olhar, através das palavras, pelo fato de
60:06 - come no plano mais alto
60:17 - outra coisas
60:31 - outra pessoa, não temos um suíço
60:38 - para mudar não desta vez às seis wi- fi
60:50 - é discreto, sim, temos uma pergunta
60:55 - há um ano no litoral, ouvi para mim,
60:59 - se nós realmente queremos assistir a um show na
61:03 - tv
61:04 - é o que eles gostariam, mais
61:07 - salvá-lo e vê-lo e depois
61:10 - não diretamente, porque
61:13 - se você realmente quiser assistir a um show na
61:16 - tv é melhor
61:17 - salvá-lo assisti-lo após
61:20 - a resposta é sim, se você evita todas as pessoas
61:22 - as ovelhas conectadas, na mesma imagem
61:27 - então você evita o registro, não por
61:30 - imagem
61:31 - mas nem todos ept e gregor das pessoas que
61:34 - estão ligados juntos à mesma imagem
61:38 - então, na verdade, neste caso,
61:43 - adie a gravação, como você diz
61:45 - tem menos desvantagens, mas
61:48 - além disso, todos os seus líderes sabem disso
61:50 - assistir a cerimônias esportivas ou
61:52 - outro qualquer, ou você faz cerimônia deles e têm
61:53 - feito há anos é apenas
61:57 - para obter a consciência, é isso
62:02 - é possível no plano de inversão
62:04 - apenas ao vivo, e isso é o que
62:09 - é feito com o futebol, o que é
62:11 - feito com cerimônias principescas ou
62:13 - reis e rainhas , a regra
62:16 - é a mesma
62:22 - não
62:29 - obrigado, então a resposta, é sim, claro
62:32 - é melhor salvar do que
62:36 - participar com milhões de ovelhas
62:39 - no processo que está acontecendo
62:41 - ou então estarão contaminados, é claro você
62:47 - vê em todo lugar uma só imagem do que
62:52 - você quer, mas foi calculado para
62:55 - adormecer e distrair você.
63:10 - continue
63:27 - então a copa do mundo, atualmente
63:29 - não é uma coincidência, porque como um
63:32 - tipo enorme de plano anti-despertar de todos
63:36 - o que é esportivo
63:38 - todos os desempenhos e performance
63:41 - ostenta cerimônia principesca e
63:43 - outros têm apenas um só uso, você
63:47 - desligue de tudo, mas a corte do
63:51 - futebol no mundo é a maior massa
63:53 - televisa que existem no mundo
63:55 - e é por acaso que isso acontece
63:56 - agora, é claro, admitir-se colar-se
64:01 - em suas prioridades
64:04 - sabe muito bem quando você olha
64:07 - um evento planetário, onde existem
64:09 - bilhões de pessoas voltado para você,
64:11 - são dirigidos, se você gosta ou não
64:21 - e quadrinhos cômicos para assistir na
64:24 - programação da televisão e comédia
64:27 - e na tv, então tudo o que quero dizer
64:30 - ao vivo ou diferido
64:31 - nós dois não estamos aqui para
64:33 - rever programas de tv 1
64:35 - realmente não é, já ter uma televisão
64:40 - em casa já é uma anomalia
64:45 - extinta
65:04 - e
65:07 - além dos programas de tv,
65:16 - continuamos, tem oito minutos
65:19 - um último talvez, especialmente o
65:25 - processo que você vive, que
65:27 - é desenvolvido, isso há mês ou
65:31 - nos 500 grupos para bater é
65:33 - consistente, não vem com perguntas
65:36 - adicionais
65:39 - e não se esqueça de manter isso
65:41 - na simplicidade presente, assim que você
65:43 - parece complicado, não é bom, sempre o mesmo
65:48 - mais deve aparecer, como eu
65:50 - disse sobre uma ação que será espontânea
65:54 - diga-lhes pelos sentidos pelo olhar
66:09 - você não pode errar
66:18 - eu acho que eles podem estar fartos
66:19 - para aquecer bolas e não, ou assim nos
66:22 - permite que você conclua confortavelmente
66:26 - não tem outras perguntas
66:32 - é por isso que o senhor conclui
66:33 - agora eu vou voltar amanhã,
66:35 - a noite
66:41 - coma-me durante o braseiro do amor
66:43 - você vai ver, bem e contras neste
66:47 - sentir, o estado está perfurando, se vocês são
66:49 - muitos para comer ao mesmo tempo
66:53 - será mais forte para todos
66:55 - de lá, também tem um efeito coletivo
66:57 - de massa, que fizeram de tudo,
67:01 - de continuar a cozinhar
67:03 - os francês não estão saindo agora
67:07 - não,  espera para ficar luminoso
67:11 - você será surpreendido
67:14 - simplesmente para festejar
67:22 - além disso, você vai ver em todos
67:24 - os depoimentos, que você será capaz de
67:26 - ouvir ou ler, o importante rhénans
67:29 - quando eu não entendo o riso no momento
67:32 - eu não sou um palhaço, é importante e
67:35 - melhor do que um palhaço, mas é normal
67:41 - você quer ser transportado?
67:43 - até você que está nesta alegria nesta
67:45 - leveza neste amor, é a única verdade
67:48 - nós não vamos fazer discursos
67:51 - eu fiz o suficiente para
67:54 - explicar
68:04 - e eu me alegro, porque eu vou estar
68:06 - menos no propósito, se este mundo, como eu disse
68:11 - se a europa quer deixar, sim, mas
68:14 - se este mundo se tornar idílico, teremos
68:16 - mais, como o sexto mundo se torna
68:19 - idílico, não vamos querer
68:21 - sair, mas ele vai embora sozinho
68:24 - você será tanta alegria que permanecerá
68:26 - mais do que amor e alegria e neste
68:29 - amor e esta alegria que você não precisa
68:30 - de nenhuma forma de qualquer dimensão
68:32 - veja por si mesmo
68:34 - mesmo antes do estágio, mesmo que o corpo esteja
68:41 - a tornar-se transparente, para permitir isso
68:45 - este não é o objetivo, mas permite que o
68:49 - objetivo
68:51 - tenha certeza que você vai encontrar
68:53 - viva esta alegria - você terá irmãos
68:57 - e irmãs, que ainda estão construindo
68:58 - quimeras com outras dimensões ou
69:01 - carmelitas, eu não sei o que
69:09 - quanto mais rápido você esta na alegria, mais rápido
69:13 - eu digo, o evento vai acontecer
69:16 - é você que desencadeia isto agora, acredite.
69:24 - vamos deixar você descansar um
69:26 - pouco, huh você concorda então bidi
69:31 - vai voltar como ele queria, disse pelo menos
69:33 - a primeira ou a segunda parte do dia
69:37 - à tarde, porque ainda há
69:38 - coisas para estipular, independentemente disso
69:41 - então eu te digo até amanhã e
69:46 - certamente para quem me quer
69:47 - comer, estou disponível
69:49 - mas quando você for se deitar
69:50 - desta vezes 6 1, quanto a mim eu te digo
69:54 - talvez mais tarde
69:56 - em todo caso amanha.




***

Fonte da Transcrição do Francês:
https://www.youtube.com/channel/UCifapMVrcNTbUI8ID_xdokw/videos


Base da Tradução para o Português: Tradutor Google
Traduzido por Francisca dos Reis

Fonte (imagem): https://lestransformations.wordpress.com/2018/07/04/bidi-partie-4-3-juillet-2018/

3 comentários:

  1. Esta postagem foi baseada na transcrição do Youtube e na tradução Google, mas com ajustes realizados pela Francisca. Isso não dispensa ajustes a posteriori, é claro; sobretudo propostos por eventuais revisores.

    ResponderExcluir
  2. Grato, Célia Leal, por continuar avançando nestas traduções apenas com base no áudio. No momento, será um puro acréscimo.

    ResponderExcluir
  3. Como o Bidi disse: "Desliguem a TV, seus pentelhos...". kkkkkk

    ResponderExcluir