UM AMIGO - Junho de 2017


Um Amigo - Junho de 2017
Mensagem de 05 de junho de 2017 (publicada em 09 de junho)
Origem francesa – recebida do site Les Transformations


Áudio da Leitura da Mensagem em Português - por Noemia
Clique aqui para fazer o download do áudio



Eu sou Um Amigo. Do meu coração ao vosso coração, a Paz e a Alegria.

...Silêncio...

Rendo graças à vossa presença e ao vosso acolhimento.

...Silêncio...

A minha intervenção deste dia é uma sucessão lógica do que vos disse a Estrela Teresa (*), assim como Mestre Ram. Há muitos anos, transmiti-vos alguns yogas. Hoje proponho transmitir-vos alguns elementos que, de algum modo, vêm diretamente desse yoga da Unidade e da Verdade, para que possais ajudar-vos a vós mesmos, na vossa eternidade.

Tal como foi dito por Mestre Ram, as partículas adamantinas estão presentes no ar. Estão presentes nas vossas Portas e nas vossas Estrelas, estão presentes no ar que respirais, e de certa maneira também, nos alimentos que absorveis, em alguns deles, claro. Refiro-me ao que chamais agricultura biológica, e também aos vegetais cultivados à luz do sol, sem interposição de véus, de vidros, enfim, do que chamais estufas.

O meu objetivo é, tal como o que vos foi transmitido também por Tereza (*) e por Mestre Ram, de permitir também deste modo  assentar a vossa eternidade dentro desse efémero. As partículas adamantinas, ao nível do vosso corpo físico, já não estão apenas localizadas ao nível das Portas e das Estrelas mas começam a alquimizar, se assim posso dizer, o corpo etérico e o corpo físico.

Até agora, o Yoga da Unidade usava gestos e posturas para facilitar a passagem da Luz. Depois das Teofanias, vai ser possível, servindo-vos simplesmente das mãos, e em silêncio, colocando-as em alguns sítios, de assentar, se assim posso dizer, a vossa eternidade. A primeira etapa vai consistir em realizar a junção, vibral, entre as Portas nomeadas Precisão e Profundidade, situadas nas dobras da virilha, e as Portas AL e Unidade, situadas no vosso peito.

As vossas mãos têm agora um certo número de partículas vibrais, o que não era o caso na altura em que vos revelei o Yoga da Unidade e o Yoga da Verdade. Então, tendes agora a possibilidade de, com as vossas próprias mãos, drenar a Luz, se assim posso dizer, até ao vosso coração. A metabolização da energia vital, assim como sabeis, faz-se preferencialmente pelo que foi nomeado chakra do baço, que foi nomeado por nós Porta Atração.

A energia vibral penetra em todas as vossas Portas. As Portas das dobras da virilha, chamadas Precisão e Profundidade, dão-vos um olhar mais claro sobre a Eternidade, mesmo dentro da personagem e na  pessoa. Então, colocar as mãos sucessivamente sobre as dobras da virilha e levá-las de seguida ao nível das Portas AL e Unidade, evitando as Portas Atração e Visão, permite canalizar a energia das profundezas, e a sua função de acesso à Profundidade, quer no corpo físico quer diretamente no coração. 

Então, colocando as vossas mãos em primeiro lugar sobre Precisão e Profundidade, e deixando-as simplesmente aí colocadas sem nada fazer, durante um tempo também muito variável e que dependerá da vossa própria perceção e do vosso sentir, e levando-as de seguida sobre Al e Unidade, ireis facilitar, se assim posso dizer, que a Precisão do Espírito e a Profundidade da alma se revelem na vossa personagem. Basta então colocar as vossas mãos nesses dois primeiros sítios, Precisão e Profundidade, e as colocar de seguida sobre AL e Unidade. Esta é a primeira postura.

A segunda postura que vem completar este Yoga da Eternidade, se posso assim dizer, vai consistir em colocar a vossa palma da mão esquerda na ponta do esterno, sobre a Porta OD, enquanto a palma da vossa mão direita se irá colocar sobre a Porta ER, acima do chakra do coração. Fazendo sucessivamente estes três gestos com as vossas mãos, ireis drenar a energia vital e vibral para o vosso coração, permitindo assim que vos afasteis da vossa pessoa e do efémero.

Isto é apenas uma ajuda. Não vai, evidentemente, realizar a Liberação mas vai fornecer-vos, do mesmo modo que a respiração e o Caminho da Infância, tal como foram descritos, algumas oportunidades suplementares e complementares que permitirão a muitos de vocês estabilizar o coração de Eternidade, o corpo de Eternidade, a  Infinita Presença, e viver talvez com mais evidência o processo chamado Teofania.

As mãos devem ser previamente passadas  por água, desde os cotovelos até à ponta dos dedos, devendo a água descer desde os cotovelos até às extremidades das mãos. Não é preciso sabão, apenas água corrente, qualquer que seja essa água, o que tornará possível, sem entrar em muitos detalhes,  ativar os circuitos de distribuição da energia vibral na periferia dos vossos membros. É de seguida que convirá  colocar as mãos nos sítios que vos indiquei, por ordem sucessiva.

Não posso precisar a duração, pois essa noção de tempo é muito variável e diferente para cada um, diria mesmo que é diferente para cada um a cada dia. Compete a vocês, aí também, tal como disse Mestre Ram, verificar o que acontece ao colocardes simplesmente as mãos nestes locais sucessivamente.

As Portas Precisão e Profundidade estão, evidentemente, em relação com as Portas situadas ao redor do sacro, pela sua localização. Trata-se aí de fazer com que se reúna o Fogo vibral da Terra, e juntá-lo ao Fogo vibral Ígneo do vosso coração, permitindo de algum modo reunir o conjunto da vibração, levar o conjunto da Luz adamantina ao coração, através destes simples gestos, como também pode ser feito através da respiração — que aliás pode ser adicionada, aí também, da forma que foi descrita por Mestre Ram — e que permitirá sentir, concretamente, o vosso coração e também o vosso coração de Eternidade.

Constatareis também, talvez, de agora em diante, que há uma facilitação e uma intensificação das Teofanias que já conheceis. Eu diria que uma duração média de uma dezena de minutos na totalidade deveria amplamente bastar, mas mais uma vez, é apenas uma média e não se trata de uma regra para todos.

Assim como talvez tenhais observado, alguns de vocês, por vezes, tendes o impulso ou a necessidade de pôr a mão sobre o coração; este gesto espontâneo que muitos fazem, visa também, sem o saberdes, a reforçar a presença da Luz, a presença da vossa eternidade mesmo estando na vossa pessoa. A ação lateral partindo das Portas Profundidade e Precisão, vai realizar uma alquimia muito particular ao nível do peito, entre o coração órgão e o coração de Eternidade que vos foi nomeado como tetrakihexaedro. Ireis não apenas criar um afluxo de partículas vibrais no vosso coração, mas também permitir ao coração físico ralentizar e ao coração de Eternidade de entrar em vibração e em rotação, o que amplificará de forma precisa e rápida a vossa capacidade de percepção da Luz sob qualquer forma que seja, mas também de perceber a ação da Luz no vosso corpo físico, como poucos tiveram a ocasião de o perceber até à data.

Com efeito, o regresso à Eternidade ligado à Ascensão da Terra, acontece em cada um de vocês, quer tenham disso consciência ou não, quer tenham a impressão de o viver ou não. Apenas a facilidade com que isso se instalará terá um resultado diferente. Se sois transparentes, se estais no desaparecimento ou já tendes desaparecido de uma forma ou de outra, constatareis então que também aí há uma forma de persistência, prévia ao desaparecimento, que tornará lúcidos e conscientes os mecanismos que para vocês não poderiam ser senão um adormecimento por vezes espontâneo, por vezes provocado quer seja pelas leituras, pelos alinhamentos, pelas comunhões, pelas Teofanias, ou outros.

Nesse momento o Fogo ficará mais sensível, e vós vos apercebereis também de diversas formas, ligadas de alguma maneira aos carismas do Espírito Santo, tal como foi nomeado na vossa tradição, que entrará em manifestação, e virão assim, pela evidência das suas manifestações, fazer cessar e fazer eliminar tudo o que possa resistir, tudo o que possa ser ligado aos hábitos da vossa pessoa e que não tenham tido a possibilidade de ser vistos em muitos de vocês.

Essas resistências, como vocês sabem, não são memórias nem feridas. Trata-se, geralmente de hábitos que têm a origem, não nesta vida mas diria que são hábitos relacionados fortemente com algumas linhagens que estão presentes nos vossos irmãos e irmãs incarnados.

Praticar o que vos foi dito, quer dizer a Via da Infância, da Humildade, esse Yoga especial da respiração, assim como os gestos do Yoga da Eternidade que acabo de vos dar, são capazes de fornecer o que é amplamente suficiente no vosso interior para vos pôr a viver o que é para viver com plenitude, com regozijo, e sobretudo com mais facilidade. O conteúdo da minha  intervenção de hoje não fazia sentido antes das Teofanias. Era preciso esperar, não apenas que em muitos de vocês se tenham ativado todas as Portas do  corpo, mas também que a estabilidade do coração  fosse desencadeada pelo processo da Teofania.

O que sentireis nesse momento corresponderá exatamente e ponto por ponto ao que vos foi descrito por Mestre Ram referente à modificação da respiração, à modificação do ritmo cardíaco, mas também à capacidade para manter uma consciência livre de apegos a essa pessoa. Isto se traduzirá para muitos de vocês... e é já o caso desde há algumas semanas desse tempo terrestre em que alguns começam a viver, como num sonho, mecanismos onde veem os seus corpos e estão portanto fora, no seu corpo de Eternidade e não em algum corpo astral. Não há, de qualquer modo, lembrança de qualquer viagem, simplesmente há a conscientização, real, concreta e pela experiência, de que não sois absolutamente nem este corpo, nem sobre este mundo, nem deste mundo, doravante.

É assim que neste espaço de tempo — que não conhecemos, tal como vocês —, que precede a visibilidade dos sinais celestes e o Apelo de Maria, vos dará a viver uma beatitude mais franca, um reconhecimento, se isso ainda não foi feito, da ilusão total desse mundo, que não é senão uma matriz binária fechada, como o sabeis.

Assim se realizará em vocês a nova tri-Unidade, nomeada Nova Eucaristia, de forma completa, total e definitiva.

Lembrai-vos que através destes gestos conduzis a Luz ao vosso coração. O vosso corpo, mesmo efémero, torna-se então o agente e o portador da Luz, vos levando a viver a vossa eternidade, através de mecanismos em que deixais de estar de alguma maneira ligados a esse corpo. Isso se produzirá a partir do instante em que viverdes de forma consciente, mesmo através do que vos possa aparecer como um sonho — porque, bem evidentemente, isso ocorrerá mais facilmente durante a noite, enquanto dormis —, e constatareis que podereis ver o vosso corpo físico prestes a adormecer, acima dele.

Será assim que muitos de vocês vão finalmente tomar consciência da ilusão total de tudo o que diz respeito a este mundo e a esta pessoa, e a esta vida, e a todas as vidas que tendes vivido. Repito: vocês não saem num qualquer corpo intermediário subtil deste mundo, mas saem real e concretamente nesse corpo de Eternidade, mesmo se num primeiro tempo não o vejam. Tereis simplesmente a impressão de ser uma consciência que não tem forma.

À medida das experiências que vos serão propostas pela Luz, à noite, mas também pelos exercícios que vos dei e pelas técnicas respiratórias que vos foram transmitidas por Mestre Ram — sobretudo se realizais isso à noite, ao deitar— isso aumentará, se assim posso dizer, a probabilidade de serdes liberados pela visão do efémero tal como ele é, na sua falsidade e deformação. Nesse momento para vós, sereis liberados, não haverá qualquer dificuldade de qualquer ordem a viver durante o Apelo de Maria, após o Apelo de Maria, ou mesmo, para alguns, até ao Apelo de Maria.

O que quer dizer que constatarão com felicidade o desaparecimento de alguns transtornos situados quer seja ao nível do corpo físico, quer seja ao nível das emoções, quer seja ao nível do mental. Na manhã seguinte aos exercícios que praticardes à noite, ireis encontrar-vos como novos, quer dizer com um sentimento de clareza do vosso mental, de pacificação das vossas emoções e do desaparecimento de alguns sintomas, não sendo isso o mais importante, mas vos digo isto para não ficardes surpreendidos. E aliás isso já começou a acontecer durante as últimas semanas, antes mesmo que vos fosse comunicado o que se seguirá no final das Teofanias tal como foram organizadas pela Confederação Intergaláctica e por Maria.

Claro que há outros efeitos. Estes estão relacionados com o desaparecimento dos mecanismos ligados à consciência comum, ligados ao medo da morte, ao medo da carência, às interrogações, ao questionamento, favorecendo assim em especial a presença do vosso coração , a consciência de Eternidade, a Paz, a Alegria, a beatitude e a felicidade. Nada há para pensar, nada há a pedir, há apenas que colocar as mãos, eventualmente respirar como foi indicado, e simplesmente ver o que acontece tanto durante as vossas noites como nos dias seguintes.

É claro que tendes toda a liberdade para fazer estes gestos, ou esta respiração, a qualquer momento que julgueis oportuno, tanto mais que isso não toma muito tempo sobre qualquer horário que possa restar nas vossas obrigações. No espaço de uns dez minutos, tudo o que deve ser transferido como Luz desde baixo até ao alto do corpo, será efetuado, se assim posso dizer.

Muito rapidamente, e noutros casos mais lentamente, ireis observar que deixará mesmo  de ser preciso usar as mãos e que basta simplesmente pensar nessas Portas laterais e nessas Portas centrais para desencadear esse processo e para modificar a vossa respiração, o ritmo cardíaco e a vossa consciência, tudo isso ao mesmo tempo e com  evidência. Os frutos, para além da experiência das vossas noites e dos vossos dias, são sobretudo o constatar que a vossa pessoa tem menos tomada de controle, menos apegos e menos laços com o que constitui a vida neste mundo, dando-vos a viver, aqui mesmo, a vida eterna e a Paz de Espírito.

Muitos mecanismos de funcionamento, ao nível dos vossos comportamentos, sobre a forma de falar, sobre a forma de vestir, sobre a forma de comer, sobre a forma de se relacionar, serão inéditos e desconhecidos para muitos de vocês. Com efeito, mesmo antes do Apelo de Maria, trata-se de uma conscientização, cada vez mais coletiva, do que é a Eternidade, permitindo, se assim posso dizer, romper as amarras, facilmente e com satisfação, com o que apenas passa, quer dizer com o efémero, com o vosso corpo e com os vossos envelopes subtis.

Isto tornou-se possível, tal como disse, pela ação das Teofanias, mas também pelas condições de proximidade da liberação final da Terra, e do Apelo de Maria; então, com alguns meses de antecedência, eu vos convido a verificar por vocês mesmos e a ver o que se irá desenrolar. Especifico que o que será visto ao nível da consciência não é de forma alguma dependente de qualquer preparação, tal como foi dito até há bem pouco tempo, quer dizer, os processos de expansão da consciência, os processos de perceção das diferentes Coroas, do Canal Mariano ou da Onda de Vida.

É algo de novo e que não depende de nenhuma experiência  anterior para ser vivido. É de algum modo graças à conjunção da respiração e desses gestos, que muitos irmãos e irmãs adormecidos, e que portanto estão na busca da Verdade, se assim posso dizer, encontrarão a sua Verdade. Então, esperai para ver mudanças radicais, tanto em vocês como ao vosso redor, como ao nível das regras da sociedade, das regras morais ou das regras de comportamento, e isso qualquer que seja o ponto de partida. A transformação será suficientemente evidente para ser apercebida, quer ao nível individual , quer ao nível relacional, quer a um nível mais global, e isto muito brevemente.

Paralelamente, e tal como foi anunciado, vereis um aumento da desordem humana, uma desestruturação do mental acompanhada de atos bizarros, vinda por parte de seres que à partida pareciam, como poderíamos dizer, absolutamente normais. Não vos alarmeis. As vias da Luz são por vezes incompreensíveis para a vossa  consciência efémera, mas de nenhuma maneira para a vossa consciência eterna. O que quer dizer que a partir do instante em que vocês se virem de fora do vosso corpo, tal como disse, vereis, a partir da manhã seguinte, que tudo mudará em vós. A perceção do vosso corpo, a forma de vos exprimirdes, tal como disse, tudo o que diz respeito ao efémero se modifica. Aliás, muitos de vocês têm constatado mudanças progressivas desde há muitos anos. Estas mudanças vão tornar-se mais acentuadas, mais intensas, se assim posso dizer, na vossa consciência.


Aqueles que não tiveram acesso, de modo perceptível se assim posso dizer, ao testemunho ou ao observador, verificarão por si mesmos que não são senão o testemunho do que se desenrola na cena de teatro desse mundo, que são simplesmente o espectador, antes de se aperceberem que nunca houve cena de teatro, nunca houve espectadores, tal como nunca houve teatro. Então, vocês sairão do sonho, definitivamente, de forma violenta ou progressiva, o que permitirá a um número cada vez maior de irmãos e irmãs humanos incarnados na Terra participar através da sua presença, mesmo que não estejam munidos com os pilares nomeados por Metatron e definidos por Metatron, de dar o seu apoio à Luz na Ascensão da Terra que foi desencadeada há alguns meses.



A intensidade dos processos que vocês têm a viver, quer isso se refira à personagem com os seus dissabores, quer se refira à Eternidade com a sua Paz, vai tornar-se cada vez mais evidente, se já não é o caso, vindo revelar o testemunho e o observador, tal como disse, e definitivamente aí juntar a saída do corpo em Eternidade, não para permanecerem aí, fora do corpo, pois relembro a vocês que a alquimia e a transubstanciação finais acontecem nesse corpo físico enquanto vocês estiverem presentes sobre a Terra, e não em outro lugar qualquer. É a transubstanciação da matéria que é importante, mesmo se ela tem de desaparecer, pois quando o corpo desaparece por ação da Luz, queima todas as memórias, os apegos, as conexões ou os desejos relacionados com essa dimensão confinada.



Trata-se de uma nova forma de contato, não apenas com os seres da natureza, não apenas conosco, com os planos da Luz livre, mas também com a vossa Eternidade de modo cada vez mais visível, mais sensível e, ainda uma vez, de modo bem evidente para muitos de vocês.

Quero tranquilizar os nossos irmãos e irmãs incarnados que possam estar apenas agora a tomar contato com as minhas palavras, a ouvi-las ou mesmo vivê-las, e que nada tenham vivido desses processos até agora. Isso abre as portas a nível coletivo. A Porta Estreita está finalmente aberta. Como Cristo havia dito, ele já está instalado em alguns de vocês. Vai tornar-se cada vez mais evidente que sois o Caminho, a Verdade e a Vida, ou os Ki-Ris-Ti, se assim preferis.

Nesse momento não será mais possível hesitar entre o efémero e a Eternidade, contribuindo para que  afasteis da vossa consciência, com elegância, com graça e com facilidade, tudo o que pertence ao efémero. Os últimos elementos que possam salientar-se da vossa personalidade, ligados aos hábitos ou ligados às linhagens, se esvanecerão perante os vossos olhos, para além de qualquer compreensão, simplesmente porque isso se tornará a evidência.

Nesse período, e até à aparição dos sinais celestes e do Apelo de Maria, vereis por vocês mesmos que a vossa sede de Eternidade tomará todo o lugar sobre todas as sedes e desejos desse mundo, bem como sobre todas as regras da incarnação nesse mundo. Sereis então, não apenas Ki-Ris-Ti mas seres amáveis, eternos, aí mesmo nesse corpo, o que quer que ele se torne depois  do Apelo de Maria.

O que vos damos hoje, uns e outros, depois do Pentecostes como o chamais no Ocidente, é essencial para servir a Luz e para servir o outro que não é senão vocês mesmos. É assim que a consciência se vai posicionar de forma diferente do que vocês poderão ter podido viver até agora. Não se trata de experiências, como disse Mestre Ram, mas da instalação de um estado definitivo e permanente. Muitos de entre vocês, desde as Teofanias, eu diria que até mesmo antes dessas Teofanias, tiveram a oportunidade, se assim posso dizer, de sentir alguns picos, algumas dores sem qualquer traumatismo, que se manifestam em algumas zonas do vosso corpo. Isso corresponde, como é evidente, ao desenvolvimento da Luz Vibral, para além das Portas e das Estrelas, sobre todo o vosso corpo etérico e também nas vossas células.

Assim, em muitos de vocês, a consciência vai adaptar-se ao veículo de Eternidade. A adaptação a esse corpo de Eternidade, como sabeis, será afinada, se assim posso dizer, pela semeadura das últimas Chaves Metatrónicas, dentro dos Círculos de Fogo, para os que aí deverão ficar. Outros de vós, é claro que não precisarão de ficar em parte nenhuma, pois não dependerão mais de qualquer forma, nem mesmo do seu próprio corpo de Eternidade.

Esta é outra etapa, quer dizer, virá uma etapa da qual não irei falar hoje, que poderá ser muito rápida a instalar ou mesmo surgir unicamente nos dias precedentes à aparição das Trombetas do céu e da Terra. Constatareis então que, não só vereis o vosso corpo de Eternidade mas também o ireis sentir, não só sereis capazes de estar nele mas também que a vossa consciência se torna independente de qualquer forma, mesmo desse corpo de Eternidade. Chamo apenas a vossa atenção pois isso pode aparecer, diria que espontaneamente, para um número muito limitado de vocês, em que, nesse momento, saindo do corpo durante a noite, não ireis ver o corpo de Eternidade, não ireis ver qualquer outro corpo mas apenas o ambiente que vos cerca. Não podereis vos ver. Sereis, nesse momento, o Absoluto na totalidade.

As mudanças que ocorrerão durante essas noites desencadearão grandes modificações nas vossas vidas. Essas modificações não serão impulsionadas por alguma vontade mas apenas para estar em conformidade e em retidão para com o que vocês vivem na vossa eternidade. Não vos alarmeis com essas mudanças pois elas não serão decididas pela vossa vontade, mas unicamente  pela vossa eternidade. Compete a vocês, aí também, seguirem as linhas de menor resistência. Lembrai-vos que a Luz é simples e evidente, e quando uma mudança abrupta é induzida pela Luz, pela vossa Eternidade, então tudo se passa com fluidez e facilidade, em qualquer situação de apego que aí possa haver.

Há então efetivamente mudanças interiores e exteriores que são conjuntas, mas nem sempre relacionadas. Num caso, a vossa transformação está ligada à ação da Luz, e daí esses eventos conjuntos que têm a ver com o Choque da Humanidade, mas em geral, as tribulações humanas antes do Choque da Humanidade, são apenas resistências à Luz. No vosso caso, se o viveis, ireis ver então que quaisquer que sejam as alterações no vosso país, na vossa cidade, nos vossos próximos, ficareis presentes, impassíveis, em Amor, sem questionamento. Uma força nova, se assim posso dizer, impulsionará em vocês a coragem da Eternidade para enfrentar e viver com serenidade as mudanças que a Luz desencadeia doravante.

Não tendes nada a decidir. Lembrai-vos do que dizia Cristo no vosso Ocidente: “ Aquele que quiser salvar a sua vida a perderá. Aquele que aceitar perdê-la encontrará a vida eterna sem dificuldade." É isso que acontece a partir de agora. Não pode haver melhores provas acerca do vosso posicionamento , do que vocês são, do que os processos que vos indicámos, Teresa (*), Mestre Ram e eu. O marcador dessa Eternidade, quaisquer que sejam as modificações que viveis, apenas têm um único marcador que será visível todos os dias, em toda a vossa vida, em todas as vossas relações, quaisquer que sejam os acontecimentos desse mundo, e que é um estado de paz, um estado de felicidade, um estado imutável que nada pode vir alterar ou mudar. Aí, estareis efetivamente, e é a expressão que empreguei, assentados no vosso coração, colocados no vosso coração, pousados no vosso coração em companhia de Ki-Ris-Ti, de Cristo, da Luz Vibral autêntica.

Essa possibilidade é oferecida pelos vários elementos presentes atualmente na Terra, e que têm a ver, como sabeis, com a Ascensão da Terra e com a vossa liberação. Então, alguns de vocês serão liberados dessa maneira, assim como outros de vocês foram liberados pela Onda de Vida quando ela nasceu.

Lembrai-vos que isso não requer nenhum esforço. Se vos parece que isso implica um esforço, então isso não é da Verdade. Se vos parece hesitar ou ter de fazer uma escolha, isso não é da Verdade. A evidência da Luz intervirá no fluir da vossa vida, independentemente de qualquer desejo, independentemente de qualquer vontade. Então, nesse momento, terão a certeza absoluta de que viveram a Liberação da pessoa e que não há mais nenhum freio à vossa eternidade, e isso, antes mesmo do Apelo de Maria.

Contudo, eu lembro que ainda não chegou o momento de abandonar este plano – salvo se é o vosso caso a nível individual —, mas bem mais de estarem cada vez mais presentes, mesmo quando as circunstâncias das vossas vidas se tornam profundamente diferentes. Pois é nessas situações que se anunciam durante este mês, que vocês encontrarão a maior facilidade para entrar em vosso interior, para voltar a casa.

De qualquer maneira, vocês verão facilmente que quando viverem, se o viveis, esse processo de desincorporação  dentro do corpo de Eternidade, ou mesmo da consciência pura, sem forma, que antecede ao desaparecimento da forma, ao estabelecimento no Absoluto que vocês são, sabê-lo-eis assim, pela vivência e não por convicção... mas por terdes vivido a Eternidade antes mesmo do Apelo de Maria e antes mesmo da estase.

Isso permitirá, logo que tenham vivido essas experiências, de não as reviver. E aliás, vereis rapidamente que haverá, para aqueles que tenham vivido essa deslocalização da consciência e essa saída fora do corpo no corpo de Eternidade, que voltareis a sentir essas famosas correntes nos tornozelos e nos pulsos.  Lembro que uma ou algumas experiências durante a noite, são suficientes, não é preciso repetir, tanto mais que deveis ficar no interior desse corpo até ao momento adequado. É apenas uma oportunidade que foi aberta para a realização das Teofanias depois de nove semanas e meia.

Muitos de vocês, aliás, viverão esse processo de saída fora do corpo sem mesmo perceber do que se trata, mas terão a reminiscência do que se passou durante a noite, não ao despertar, contrariamente ao que acontece com alguns sonhos, mas mais tarde, ao longo do dia, pode até mesmo ser apenas muitos dias depois, o que permitirá relacionar essas mudanças que acontecem talvez no vosso corpo, nos vossos pensamentos, nas vossas emoções, nos vossos relacionamentos, e de os associar justamente a essa recordação, da vossa saída do corpo na Eternidade da Luz.

Se isso não acontece convosco, quer dizer se apesar de tudo, durante os primeiros exercícios ou durante as primeiras noites, vocês sentirem as correntes nos tornozelos e nos pulsos, isso quer dizer que para vocês ainda não é chegado o momento. Não há aí nenhuma punição nem atraso, apenas uma adequação total com a Inteligência da Luz. Lembrai-vos, não são vocês que decidem nada, a não ser respirar de certa maneira ou colocar as mãos em certos lugares.

Espero ter sido bem claro nas minhas palavras. É permitido que responda às vossas questões, se estiverem relacionadas com o que acabo de dizer, quanto à técnica e à prática disso.

Pergunta: as mãos devem ser colocadas diretamente sobre a pele ou através da roupa?

Será que a roupa consegue deter a Luz? Não se trata aqui de magnetismo.


Pergunta: haveis falado de três etapas. A primeira: Precisão, Profundidade, Al e Unidade; a segunda: OD e ER.  Qual é a terceira?

De forma alguma. A primeira é as mãos colocadas sobre Precisão e Profundidade. A segunda é as mãos colocadas sobre Al e Unidade. A terceira é a mão esquerda colocada sobre OD e a mão direita sobre ER.  Portanto, Isso faz três.


Pergunta: é preciso esperar pelo fim das Teofanias ou podemos começar a partir de agora?

Podeis começar quando quiserdes, mas isso será mais eficaz, se assim posso dizer, depois da última Teofania dirigida por Maria, e também da última Radiância.

Se estais atentos, podereis ter observado que o que acontece durante as Teofanias de quinta-feira, não é exatamente o mesmo processo que acontece nas Radiâncias Arcangélicas que se seguem. As Radiâncias Arcangélicas permitiram liberar os últimos apegos através da perceção, em muitos de vocês, de uma energia ou de uma consciência partindo dos pés e subindo até à bacia. Aliás, muitos de vocês viveram, nas últimas semanas ou nos últimos meses, acontecimentos traumáticos do lado direito do corpo, especialmente sobre os membros inferiores direitos, ou sobre os ombros, principalmente o direito. Tratou-se de um trabalho de preparação para o que se seguiu nas Radiâncias Arcangélicas.

As Radiâncias Arcangélicas inverteram, de algum modo, o fluxo da alma coletiva que era para a matéria, e retornaram esse fluxo para o alto do corpo. Esse fluxo, que é à vez da energia e do vibral, não é de forma alguma a Onda de Vida, mesmo que siga os mesmos circuitos e os três componentes — o objetivo tendo sido de facto o retorno da alma coletiva da Terra para a Eternidade, o que foi levado a cabo pelas Teofanias.

A Radiância Arcangélica permitiu assim fazer o refluxo da energia de apego a este mundo para um desapego da alma, e uma atração da alma para o Espírito. Este processo, que pode ter sido vivido individualmente quando da dissolução da alma, viveu agora um retorno acentuado da alma coletiva da humanidade, se assim posso dizer. Essa alma coletiva da humanidade, não é mais senão o que foi nomeado o inconsciente e o subconsciente. É também a este nível que ficava o que foi nomeado pelo Comandante, desde há muito tempo, o sistema de controle do mental humano. 

Esse movimento de consciência e de energia realizado pelas Radiâncias Arcangélicas, permitiu alimentar o coração, não tenhais dúvidas. O que vos proponho é então amplificar esse movimento, não mais em benefício do que se passa nas Radiâncias, mas de vocês o realizarem vocês mesmos, de forma evidente, simples e perfeita.

Tendes mais perguntas?


Pergunta: os irmãos e irmãs que não praticaram os protocolos até agora, poderão praticar os exercícios de Ram e o protocolo de Um Amigo?

Eu diria mesmo que para os que são mais novos aqui, em relação à Luz, isso se produzirá mais facilmente. Se tendes a possibilidade de conhecer irmãos e irmãs presos em movimentos, em crenças, em espiritualidade ligada às religiões, é esse o momento de lhes propor isso, porque isso passa para além das palavras, isso passa para além do mental, isso passa para além da reflexão, e torna-se assim muito fácil.

...Silêncio...

Muitos de vocês, aqui e noutros lugares, tiveram a oportunidade de praticar alguns protocolos desde há muito tempo, para a ativação dos novos corpos. Hoje, trata-se, se assim posso dizer, de uma ativação da vossa Eternidade dentro do efémero, participando do movimento de fusão dos Éteres tal como foi descrito pela nova Tri-Unidade, fazendo subir o coração à cabeça ao nível da pequena Coroa. O veículo ascensional está neste momento perfeitamente  funcional.

É isso que permite a vocês viverem a experiência fora do corpo, de saída do corpo, não em corpo astral mas diretamente no corpo de Eternidade, sem precisarem para isso de ficar ao Sol tal como nós precisávamos fazer há muitos anos.


Pergunta: é preferível usar água fria ou quente para a lavagem desde os cotovelos às mãos?

É apenas água corrente, qualquer que seja, o importante é drenar. Lembro que vocês agem neste mundo essencialmente com as mãos. Ora, agindo nesse mundo com as mãos, ativais decerto a energia vital. É então preciso passar por água essa energia vital para dar lugar às partículas adamantinas em maior quantidade. A água pode ser tépida, mais que quente ou que fria.

...Silêncio...

Não há mais perguntas.

Então, bem-amados, filhos da lei do Um como gostam de dizer os Arcanjos, do meu coração no vosso coração, que a Paz eterna fique convosco, agora e para sempre.

Eu sou Um Amigo, Vos dou a minha Paz.

No silêncio e na Luz da Verdade, eu vos saúdo.

...Silêncio ...

Adeus.

(*) a canalização de Teresa que seguirá
 


***


Tradução do Francês: Maria Beatriz Pires



PDF (Link para download) : UM AMIGO - Junho 2017


8 comentários:

  1. É assim que neste espaço de tempo — que não conhecemos, tal como vocês —, que precede a visibilidade dos sinais celestes e o Apelo de Maria, vos dará a viver uma beatitude mais franca, um reconhecimento, se isso ainda não foi feito, da ilusão total desse mundo, que não é senão uma matriz binária fechada, como o sabeis.
    .........
    Será assim que muitos de vocês vão finalmente tomar consciência da ilusão total de tudo o que diz respeito a este mundo e a esta pessoa, e a esta vida, e a todas as vidas que tendes vivido. Repito: vocês não saem num qualquer corpo intermediário subtil deste mundo, mas saem real e concretamente nesse corpo de Eternidade, mesmo se num primeiro tempo não o vejam. Tereis simplesmente a impressão de ser uma consciência que não tem forma.

    ResponderExcluir
  2. Nesta tradução que por sinal considerei de extrema qualidade, inclusive sem qualquer erro ortográfico, não me sendo necessário fazer correção de nada... gostaria de lembrar o comentário que postei em Mensagens de Junho [ https://ultimasleiturasdaluz.blogspot.com.br/2017/06/mensagens-de-junho-de-2017.html#comment-form ] , onde por exemplo é explicitado a aceitação plena da ortografia e termos que porventura viessem a ser usados pelas tradutoras de origem portuguesa, ortografia e termos esses que necessariamente podem não coincidir exatamente com o usual no português brasileiro.

    Aproveito, por exemplo, para parabenizar a Tradutora, pelo exemplo que é, pois tem sido um encanto de comprometimento e prontidão, como aliás é o perfil ideal e esperado para esse trabalho que assim requer; até por coerência com a grandeza das mensagens e pelo próprio respeito à dinâmica de funcionamento do blog, quer para facilitação dos demais trabalhos envolvidos, quer, sobretudo, pelo que espera naturalmente seus leitores. Claro que esse contentamento expressado se estende aos demais tradutores, até porque se não fossem igualmente prontos não teriam como atuar neste trabalho tão atípico, tão generoso, tão intenso, tão acima de cronogramas, tão fora de padrões convencionais.

    Termino esse comentário dizendo que alguns já solicitaram correções do tipo: trocar "incarnados" por "encarnados", e também querendo saber significados de palavras tais como "ralentizar". É claro que esses termos serão mantidos, até com louvor e como respeito à tradução e a tradutora (nesse caso), mas sobretudo por serem expressões corretas. Sugiro portanto a consulta de dicionário e a não se prenderem tanto a formalidades linguísticas, que desde a famosa babel tem gerado tanto reforço ao confinamento.

    ResponderExcluir
  3. https://ultimasleiturasdaluz.blogspot.com.br/2017/06/pontos-estrelas-elementos-portas.html?m=1


    Link para publicação sobre portas e estrelas

    ResponderExcluir
  4. Beleza o seu comentário Manoel Egídio! Parabenizando sempre o trabalho dos que se doam nestas traduções. Sempre a inquestionável sabedoria da Luz!

    ResponderExcluir
  5. magnífica, todos os movimentos das dores observei que acontece nos meus irmãos, nada comentei, em algumas foi bastante forte teve de ir se medicar
    apenas uma observação do que acontece de maneira coletiva, mesmo dois meses antes desta mensagem
    Rendo Graça, de coração a coração

    ResponderExcluir
  6. Também sou testemunha, muitas pessoas entre eles parentes e conhecidos estão passando pelos sintomas aqui revelados pelos seres da luz, essas pessoas não sabem das mensagens e dos seres da luz... Portanto, o trabalho ou serviço no aqui e agora é no coletivo. Rendo graças.

    ResponderExcluir